20 de junho de 2010

A dança

"...Eu me tomo as estrelas e a lua.
Eu me tomo o amante e o amado.
Eu me tomo o vencedor e o vencido.
Eu me tomo o senhor e o escravo.
Eu me tomo o cantor e a canção.
Eu me tomo o conhecedor e o conhecido...
Eu continuo dançando... e dançando... e dançando...
Até que haja apenas... a dança".


Um comentário:

Maria José disse...

Lena. Vivemos constantemente com a dualidade na vida. Tudo tem os seus dois lados. E vamos dançando conforme a música, procurando sempre nos adaptar às diversas situações, sempre com otimismo e aceitando os desígnios de Deus. Beijos e ótima semana.