27 de junho de 2010

O dia internacional do mau humor




É, acho que a segunda-feira é mesmo o dia mais odiado em todo o mundo... Segunda-feira é o dia de voltar ao batente, começar tudo de novo, romper com a tranquilidade do fim de semana. Bem pior do que a segunda-feira só a segunda-feira-de-manhã, um tipo de subcategoria do dia em que todo o mau humor e exaustão da humanidade ficam potencializados

A cena é clássica: na segunda de manhã, bocejos por todos os lados, pessoas com olheiras e o tempo passando devagar. Alguns, até, com o tradicional mau humor de início de semana. E se um bem humorado se arriscar a perguntar o porquê da indisposição, vai ouvir um sonoro “eu odeio segunda-feira”. Muitas vezes, o fim do domingo arrasta-se tedioso por culpa dela, da maldita segunda, que na verdade é uma primeira: o marco inicial da semana "útil".

Gordo e preguiçoso, o gato Garfield, criação do cartunista americano Jim Davis, é a personificação da aversão ao primeiro dia útil da semana. Criado em 1978, o gatinho ganhou fama mundial por odiar as segundas-feiras. A célebre frase do Garfield resume o sentimento de muitas pessoas.

Segunda é o dia de por um fim na procrastinação, de começar dietas, fazer academia, tomar providências, ir ao dentista, falar com o gerente do banco, de apresentar-se a um novo emprego, iniciar as aulas. Em resumo: de acordar morto e ir dormir exausto. Nada funciona direito numa segunda-feira, ainda mais se ela for fria e chuvosa, aí deveria até tornar-se um atenuante criminal.

Não é à toa que diversas canções já foram produzidas com a temática do dia e nenhuma em tom de otimismo, diga-se de passagem. Os norte-americanos do The Mamas & The Papas, ao compor a sua "Monday Monday", em 1966, desabafaram toda a sua frustração em versos como: Todos os outros dias da semana são tranquilos. Mas sempre que a segunda chega, você me vê chorando o tempo inteiro.


Os Carpenters também não deram trégua para a protagonista deste post, incluindo a segunda no mesmo montante dos melancólicos dias chuvosos, na canção "Rainy Days and Mondays", interpretada pela suave Karen Carpenter e dizendo ...dias chuvosos e segundas sempre me deixam pra baixo.

A clássica "Blue Monday", do New Order, se utiliza da expressão "Segunda-feira deprê" para definir alguém perdido entre decepções amorosas: Diga-me o que sinto. Diga-me agora como eu devo me sentir. Afinal, não haveria um dia mais oportuno para personificar uma dor de cotovelo.

Só nos resta fazer da segunda um dia menos infeliz.




Fonte
Edição: Lena

2 comentários:

PAKI disse...

Oi Lena, é verdade que fazemos a segunda-feira ser maldita. Mas se praticamos a presença, o estar presente na nossa vida, no nosso corpo a cada instante, esquecemos que dia é hoje, ou agora. Apenas sentimos nossa presença e a do meio onde estamos. Pode ser curador. O futuro ainda não existe e o passado já foi. Mudança de atitude é a cura. Bjs

Elayne disse...

Credo amiga!!! Que humor do cão... Socorro!!!
Lembre-se, segunda também é o dia em que nós juramos a nós mesmas que vamos começar a frequentar a academia, a seguir a nossa dieta... E isso é o que faz a nossa vida mais colorida.
Ânimo Lena, só faltam 3 dias para a sexta.