22 de janeiro de 2011

Falta de tempo



Existe um único antídoto para a falta de tempo.
Um único.
Estar apaixonado.
Esquecer de si para inventar o desejo.
O desejo transforma-se no próprio tempo.
Tudo é adiado.


Fabrício Carpinejar

3 comentários:

♪ Sil disse...

Lena, querida!!

Vim retribuir seu carinho no meu blog, e já me emociono aqui.
Carpinejar, tantas pessoas que eu adoro.
Mas o que mais me tocou, foi o nome do seu blog, em homenagem ao seu pai.
Me desculpe, mas chorei aqui.
Hoje, eu cuido junto da minha mãe, do meu pai que esta doente.
E eu o amo tanto Lena...ele é tudo isso que vc descreveu do seu pra mim.
Meu pai é minha bússola, meu amor, meu amigo, meu exemplo de VIDA.
Você é uma filha abençoada, e seu pai, no lugar lindo que ele esta, tem um baita orgulho de você.

Um beijo!

Bem vinda aos meus amigos!

manuel marques disse...

O nosso espírito é feito de desordem, acrescido de um desejo de ordenar as coisas ...


Beijo.

Sônia Silvino disse...

Lena querida!
"Não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo; a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará jamais."
Mario Quintana
Pensando assim, vim te visitar e ler as novidades!
Deixo muitos beijos, abraços e um carinho imenso!
Bom domingo!
Beijos!
Sônia Silvino's Blogs
Vários temas & um só coração!