10 de fevereiro de 2011

Descomplique




Para que complicar tanto? Sentir se atraído por alguém, deixar que o outro perceba a sua intenção de conhecê lo, iniciar uma conversa, tudo isso pode ser muito agradável se você for uma pessoa descomplicada. O encontro é agradável quando você sabe descontrair e divertir-se. Para isso, devemos ter bom humor, não levando tudo muito a sério. Você investe no contato. Se der certo, bem, se não der, não esquente a cabeça.

Preste atenção ao tipo de pessoa com quem você anda saindo. Conheço muita gente que insiste em procurar pessoas difíceis e depois se sente rejeitada. Uma coisa é sentir atraído por alguém, mas é bem importante perceber se a outra pessoa está interessada em você. Na gangorra dos relacionamentos, o ideal é que ninguém esteja sempre por cima nem por baixo.

Outra coisa: aprenda a conviver com a solidão. Se você consegue ficar bem consigo não vai vender sua alma para o diabo. Por isso, não entre em qualquer relação apenas para não ficar só. Assim seus encontros ficam mais leves, sem tanto estresse. Você não fica em um barco que está furado. Mas se o seu encontro for bom, por que não estar aberto para aprofundá lo? Assim, o comprometimento vai ocorrendo em bases reais, sem tantos projetos, expectativas e planos.

Mais uma coisa: não tente aprisionar o amor dentro de tantas regras e convenções. A única possibilidade de mantê-lo vivo é cultivá-lo com liberdade e sinceridade.


Sérgio Savian

3 comentários:

soniaconsult disse...

Uma vez eu li..quer prender alguém? Então dê liberdade, deixe solto...
Pra que complicar não é mesmo? O ciúmes e a insegurança só afasta...a liberdade e a confiança são tão mais amenas e fazem o relacionamento duradouro e tranquilo.
BJos miga

manuel marques disse...

Há encontros na vida em que a verdade e a simplicidade são o melhor artifício do mundo ...

Beijo.

Maria José disse...

Lena. Tudo isso é absolutamente certo. Descomplicar. Quando conseguimos levar a vida com simplicidade, com honestidade, com amor... tudo fica mais fácil. Nem acima, nem abaixo, sempre ao lado, aprendendo, ajudando, caminhando juntos. É tão mais simples!!! Beijos.