19 de fevereiro de 2011

Eu existo





Existir é tão completamente fora do comum
que se a consciência de existir demorasse mais de
alguns segundos,nós enlouqueceríamos.
A solução para esse absurdo que se chama "eu existo",
a solução é amar um outro ser que,
este, nós compreendemos que exista.


Clarice Lispector 

Um comentário:

Kiro Menezes disse...

Que belo! Filosófico, né?! ^_^•