25 de fevereiro de 2011

Reciclagem de vida



  
Não sei se a vida se recicla.
Não, talvez não.
Mesmo se após um tempo de reflexão decidimos
mudar nossa vida,
seremos sempre nós mesmos no fim.
Mudados, mas nós.
Com todas as marcas e cicatrizes para que não
nos esqueçamos do que fomos.
Sabemos que jamais poderemos recolar os
pedaços das coisas vividas e construir novas.
Colchas de retalhos são muito bonitas,
mas não passam de colchas de retalhos.
Remenda-se panos,
recola-se papel ou vidro,
mas não se remenda vidas,
não se recola momentos passados,
coisas que deixamos pra trás.
Recomeçar? Sim.
Recomeçar é possível,
mesmo (e felizmente!) se
já não somos os mesmos.
Aprendemos, à custa de dor,
mas aprendemos.
Não cometeremos duas vezes os mesmos erros,
não beberemos a mesma água.
Durante anos vivemos como se não tivéssemos
outras alternativas.
A vida é assim... é o destino.
Mas nosso destino, nós fazemos.
Nossas prioridades,
escolhemos e aprendemos a viver com elas.
E só depois, mais tarde,
é que nos questionamos sobre o fundamento
das nossas escolhas.
Há pessoas que acham que é tarde demais para
mudar e continuam na mesma linha,
mesmo se conscientes de que talvez esse não
tenha sido o melhor caminho.
Homens e mulheres que se mataram a vida
toda para ganhar dinheiro,
terminam muitas vezes a vida sozinhos,
cheios de dinheiro,
vazios de amor.
E felizes há aqueles que descobrem que ainda
é tempo para fazer alguma coisa.
E que podem redefinir as próprias prioridades
e assumi-las.
Vai doer, mas vai valer a pena,
porque no fim das contas vamos ter a consciência tranqüila de que tentamos.
Um dos piores sentimentos que existem é o de não poder recapturar um momento que gostaríamos que tivesse sido diferente.
O eu de hoje não teria feito isso ou aquilo,
mas o que eu era ontem
não sabia o que sei agora.
Se soubesse,
teria cometido menos erros.
Mas temos um Deus tão bom e tão grande que
Ele está sempre nos oferecendo a oportunidade
de nos redimir e fazer novas escolhas.
E agora? Agora sabemos.
Não vamos pegar atalhos.
Eles podem ser atraentes,
mas nos impedirão talvez de aproveitar as
belezas da jornada.
O caminho da vida é bonito,
apesar de ser mais difícil para uns
que para outros.
Mas é bonito se sabemos tirar o máximo do que é bom.
Noites escuras podem nos fazer ver mais
claramente as estrelas.
Só veremos o nascer do sol se acordarmos cedo.
Coisas simples que a natureza nos ensina.
Reciclagem de vida?
Talvez sim.
Talvez sejamos, no fim das contas,
uma colcha de retalhos da vida.
Mas que sejamos então uma bela colcha nova
enfeitando um quarto,
um coração, talvez mesmo muitos corações e muitas vidas, a começar por nós mesmos.


Letícia Thompson

6 comentários:

Marlene de Fatima disse...

Nosso processo de evolução nos faz encarar cada momento como de aprendizagem,sem se importar com o termo usado.
Parabéns pela escolha do texto.

soniaconsult disse...

Recomeçar é sempre importante, pois renova não somente a vida interior, mas até a fisionomia muda. Ficamos mais jovens e dispostos a arriscar coisas novas.
bjokas amiga.

laurinhando por ai disse...

Boa Tarde

Cheguei aqui através do blog da Sonia e gostei muito...
volto outras vezes para apreciar melhor e com mais tempo!
A cada dia que amanhece iniciamos tb nossa vida...
bjos Laurinha

laurinhando por ai disse...

Boa Tarde

Cheguei aqui através do blog da Sonia e gostei muito...
volto outras vezes para apreciar melhor e com mais tempo!
A cada dia que amanhece iniciamos tb nossa vida...
bjos Laurinha

Kiro Menezes disse...

Belíssimo tecer de real conquista... O caminho trilhado é mais importante para nosso crescimento que o próprio objetivo a que nos leva!!!

^_^•

Adorei amorinha ♥

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Lena querida,

Reciclagem.... é muito bom, devemos estar constantemente nos reciclando e transformando nossa vida, nossos pensamentos e nossas posturas.
Sinceramente, sou do tipo de pessoa que aprendi a não me arrepender de "nada".
Mesmo quando bate no peito aquele sentimento de: "e se eu tivesse feito isto ou aquilo, teria sido diferente?", trabalho diáriamente isto em mim.

Confiar no Universo, este é o segredo....
Pois quando confiamos, soltamos e acreditamos que tudo será feito de acordo com as Leis Divinas.
Mesmo quando falamos alguma coisa forte e pesada para alguém, na minha visão, acredito que fui apenas o canal para manifestar tudo que aquela pessoa precisava ouvir.
Não me arrependo, pois fui o instrumento utilizado por Deus.
Se a pessoa aceitar, será um bom aprendizado para sua vida.
Se não aceitar e se ofender, o problema não está comigo, mas sim com ela... pois, foi "ela" quem se magoou, eu estou muito bem.

Portanto, a importância de onde estamos energéticamente é fundamental.
Estar bem consigo e com a vida, é a chave para atrair somente situações positivas para a sua vida.
E vamos seguindo: aprendendo, crescendo, reciclando, transformando e evoluindo rumo ao despertar da nossa consciência.

Um enorme beijo em seu coração!