11 de março de 2011

Meu Deus, me dê a coragem




"Meu Deus, me dê a coragem
de viver trezentos e sessenta e cinco dias e noites,
todos vazios de Tua presença.
Me dê a coragem de considerar esse vazio
como uma plenitude.
Faça com que eu seja a Tua amante humilde,
entrelaçada a Ti em êxtase.
Faça com que eu possa falar
com este vazio tremendo
e receber como resposta
o amor materno que nutre e embala.
Faça com que eu tenha a coragem de Te amar,
sem odiar as Tuas ofensas à minha alma e ao meu corpo.
Faça com que a solidão não me destrua.
Faça com que minha solidão me sirva de companhia.
Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar.
Faça com que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir
como se estivesse plena de tudo.
Receba em teus braços
o meu pecado de pensar". 



Clarice Lispector

4 comentários:

AOSOLHOSDAALMA.BLOGSPOT.COM disse...

Lindo poema Lena nos falando do amor
daresignação da espera,da solidão
tudo que o amor aceita e sofre com coragem e esperança,de um amanhã mais iluminado,linda post,amei
um abraço amiga ótimo final de semana
bjs marlene

R.B.Côvo disse...

Gostei especialmente do final. Às vezes parece mesmo pecado pensar. Abraço.

Claúdia Luz disse...

Bom dia !!

Estou escrevendo uma estória agora que fala exatamente desse tipo de amor ... aquele que maltrata o coração ,porém tê-lo por perto algumas horas enche de esperança... um dia pode ser meu.
A solidão de uma cama imensa ,trás de volta para realidade . Falta força para mudar !
Um lindo dia !! Beijos

soniaconsult disse...

Hoje é o dia do amor, a maioria dos blogs que visitei hoje falam deste tema. Lindo!
Leninha, já viste o post Eu quero do portal?