19 de março de 2011

Por que a Internet é uma grande aliada da solidão?



Desde o seu advento, a Internet já foi alvo dos mais diversos tipos de considerações acerca dos malefícios e benefícios que poderia causar, especialmente aos seus mais ardorosos adeptos, que passam horas e horas do seu dia envolvidos nas malhas da rede.

Já passados os primeiros tempos da sua pouco tímida inserção na vida do homem pós-moderno, até os dias atuais - já integrada à mobília de muitos lares -, a leitura que hoje fazemos dela agrega múltiplos elementos para uma avaliação menos passional e mais fidedigna dos seus efeitos. Se num primeiro momento temia-se que viesse a provocar o isolamento familiar e social do usuário, que uma vez ligado à rede, desconectava-se do mundo real ao seu redor, hoje há dados que nos levam a supor exatamente o inverso: a Internet como companheira das mais requisitadas e benéficas entre os solitários e os isolados do convívio social. Blogs e sites como Facebook, Orkut e Twitter são uma grande prova.

Pesquisa realizada no Canadá demonstrou que a população não usuária apresenta um índice maior de problemas psicológicos do que entre os usuários habituais da rede. Entre esses últimos, encontram-se aqueles que têm na net uma grande aliada contra o isolamento, inserindo-os num universo de contatos imediatos e solidários, e lhes proporcionando uma oportunidade de relacionamentos sociais que, de outro modo, não lhes seria possível. Às pessoas mais introvertidas, o anonimato permitido pela rede também vem facilitar o estabelecimento de novas relações, dentro do limite de exposição que julgar mais confortável. Assim, podemos até pensar em atribuir ao computador um caráter terapêutico, enquanto promotor de interação entre os indivíduos, que por razões pessoais, sociais ou culturais encontram-se afastadas do convívio com outras pessoas.

Mesmo entre aqueles que não padecem de dificuldades de relacionamento, os mais sociáveis também encontram nos jogos online, por exemplo, um canal lúdico de comunicação. Os games que acontecem em rede têm atraído um número cada vez maior de jogadores, cujo perfil predominante é de homens jovens, com formação universitária. No jogo, a modalidade em si não é o mais importante; o objetivo maior é a interação entre os jogadores, ainda que numa relação virtual.

Desta forma, não há como negar que a Internet é, hoje, dentre os veículos de comunicação, aquele através do qual o homem tem experimentado novas formas de relacionamento e interação social, e que ainda lhe delega o privilégio de modelar a direção na qual essas relações poderão evoluir. Ainda assim, vale lembrar ao internauta que, mesmo com tantas virtudes e possibilidades, é preciso ficar atento aos perigos que ela também contém, tomando os devidos cuidados ao realizar suas escolhas interativas, seus parceiros, suas relações virtuais e o destino que dará a elas, para que a Internet seja de fato uma companheira de muitas horas.


Maluh Duprat Teixeira da Silva 


4 comentários:

Sônia Silvino disse...

Lena queriiiida!
Feliz Dia do Blogueiro!!!
Tenho um selo para você aqui:
http://blogsdasoniasilvino.blogspot.com
Caso já tenha levado, obrigada!
Deixo um presente:

Se você é...

Se você é um vencedor,
terá alguns falsos amigos
e alguns amigos verdadeiros.
Vença assim mesmo.

Se você é honesto e franco,
as pessoas podem enganá-lo
Seja honesto e franco assim mesmo.

O que você levou anos para construir
Alguém pode destruir de uma hora para outra.
Construa assim mesmo.

Se você tem paz e é feliz,
As pessoas podem sentir inveja.
Seja feliz assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você,
mas isso pode nunca ser o bastante.
Dê o melhor de você assim mesmo.

Veja você que, no final de tudo
Será você ... e Deus.

E não você ... e as pessoas!

Madre Tereza de Calcutá

Um lindo domingo para você!!!
Aguardo a sua participação na Confraria da Soninha:
quantas vezes você quiser!

Beijinhos, muitos!
Sônia Silvino

Anônimo disse...

Bom dia Lena!
Excelente postagem sobre o mundo virtual...
Sempre achei a internet uma caixinha de surpresas,(embora necessária e fantástica),porque aqui vc entra e sai da vida das pessoas sem pedir licença.Existe apenas uma tela que separa as pessoas, um mouse e a tecla "delete".
Aqui tbém conhecemos(????)pessoas maravilhosas que acabam se tornando parte da nossa vida,e se este encontro não se torna REAL a distância e o tempo vão fazendo com que estas amizades fiquem apenas nas listas de seguidores de blogs, MSN,Facebook e tantos outros.
Mas,sem dúvida é um instrumento maravilhoso e o início(se bem orientado)de grandes encontros.
Não deixa de ser mesmo "um mundo solitário",mas que nos faz falta, nos faz companhia,talvez porque no fundo,as pessoas estão mesmo muito sozinhas.
Para ilustrar meu comentário vou lhe contar uma coisa maravilhosa que pude viver na internet, e foi por onde comecei.Como professora, procurei uma sala de bate papo sobre educação e encontrei a da revista "Nova Escola."Encontrei vários educadores,de todas as áreas, de vários estados e construímos uma relação de amizade e respeito maravilhosa.Batíamos papo, falávamos das nossas dificuldades, discutíamos a educação e até hoje(11 anos) tenho amigos com quem falo,troco emails.Duas delas vieram à Salvador e ficaram aqui em casa...
Até que um dia, alguém resolveu acessar a sala e com intrigas e conversas vazias fez com que todos saíssem.Conheci a Calu nessa época, como tantos outros, com quem mantenho contato até hoje.
Mas valeu e vale a pena, basta apenas ter um pouco de cuidado, pois pode aparecer algum lobo com pele de cordeiro, mas na vida real tbém é assim.
Um lindo dia e desculpa se me alonguei um pouco.
Um abraço
Emilinha

Sam disse...

Muito bem dito!

Beijocasssss

Kiro Menezes disse...

E que me permitiu conhecer vc, a Soninha, o Sidney, o Ediney... Ixi!!! Tantos grandes amigos que eu teria de fazer uma listona aqui!!!

Salve a tecnologia - COM MODERAÇÃO, que tdo q é demais, SEJA O QUE FOR, faz mal!!!

^_^•