27 de julho de 2011

Gatinha aos "enta".. .





Visita de rotina aos médicos. Todo ano a mesma peregrinação. Mastologista, ginecologista, oftalmologista, dentista...

Mas um dia, resolvi incluir um "ISTA" novo na minha odisséia.... Um Dermatologista. Já era hora de procurar uns creminhos mágicos para tentar retardar ao máximo as marcas da inevitável entrada nos "ENTA". Na verdade, sentia-me espetacular. Tudo certo. Ninguém podia cantar para mim a ridí­cula frase da Calcanhoto nada ficou no lugar... Mas não sei o que deu no espelho lá de casa, que resolveu, do dia para a noite, tomar ares de conto de fadas. Aliás, de bruxas. E mostrar coisinhas que nunca haviam aparecido (ou eu não havia notado?).

Pontinhos azuis nos tornozelos, pintinhas negras no colo, nos braços, bolinhas vermelhas na bunda, olheiras mais profundas... Como assim??? Assim. Sem avisar nem nada. De repente, o idiota resolveu mostrar e pronto. Ah, não! Isso não vai ficar assim. Um "ista" novo na lista do convênio. O melhor. Queria o melhor especialista de todos os "istas"! Achei. Marquei. E fui tão nervosa quanto para um encontro 'bem intencionado' daqueles em que a gente escolhe a roupa íntima com cuidado, que é para não fazer feio, nem parecer que foi uma escolha proposital... Sabe como é, né?

Pois sim. O sujeito era um dermatologista famoso. Via e cutucava a pele de toda a nata feminina e masculina da cidade. Assim, me armei de humildade. Disposta a mostrar cada defeitinho novo que estava observando, através do maquiavélico e ex-amigo espelho de meu quarto. Depois de fazer uma ficha com meus dados, o 'doutor' me olhou finalmente nos olhos, e perguntou:

- O que lhe trouxe aqui?

Fiquei vermelha como um tomate. E muda. Ele sorriu e esperou. Quase de olhos fechados, desfiei minhas queixas. Ele observou 'in loco' cada uma delas, com uma luz de 200watz e uma lupa. E começou o seu diagnóstico.

- As pintinhas são sinais do sol, por todo o sol que já tomou na vida. Com a idade (tóin!) elas vão aparecendo, cada vez mais numerosas. Vai precisar de um protetor solar para sair de casa pela manhã, mesmo sem ir à praia. Para dirigir inclusive. Braços e pernas e rosto e pescoço. E praia? Evite. Só de 6 às 10 da manhã, sob proteção máxima, guarda sol, óculos e chapéu. Bronzear-se, nunca mais.

-Ahmmm... (a turma só chega às 11h!).

-Os pontinhos azuis são pequenos vasos que não suportam a pressão do corpo sobre saltos altos. Evite. Use sapatos com solado anabela ou baixos, de preferência. Compre uma meia elástica, Kendall, para quando tiver que usar saltos altos.

-Ahmmmaaaa... (Kendall??? E as minhas preciosas sandalinhas???)

-As bolinhas na bunda são normais, por causa do calor. Para evitá-las use mais saias que calças. Evite o jeans e as calcinhas de lycra. As de algodão puro são as melhores.E folgadas.

-Ahmnunght?? (e pude 'ver' as de minha mãe, enormes na cintura, de florzinhas cor de rosa..... vou chorar!).

-As olheiras são de família. Não há muito que fazer. Use esse creminho à noite, antes de dormir e procure não dormir tarde. Alimentação leve, com muita fruta e verdura, pouca carne e muito peixe. Nada de tabaco, nem álcool. Nem café.

E então a histérica aqui­ começou a rir. Agradeci, peguei suas receitinhas e saí­ rindo. No carro comecei a falar sozinha. Tudo o que deveria ter dito e não disse:
- Trabalho muito, doutor,muitas noites vou dormir às 2h, escrevendo e lendo. Bebo e fumo. Tomo café. Saio pelas noites de boemia com os amigos e seus violões para as serenatas de lua cheia. E que noites!!!! Adoro os saltos, principalmente nas sandálias fininhas. Impossível a meia elástica(argh!!). Calcinhas de algodão? E folgadas??? Adoro as justinhas e rendadas... E não abandono meu jeans nem sob ameaça de morte, é meu melhor amigo!!!! Dormir lambuzada? Neste calor? E minhas duchas frias com sabonete Johnson para ficar fresquinha como um bebê, cada noite? E nada de praia??? O senhor está louco é??? Endoideceu foi??? Moro no Recife, com esse mar e tudo...E tenho só 40 anos.... Meia vida inteira pela frente! Doutor Filistreco, na minha idade não vou viver como se tivesse feito 30 anos em um!!! Até um dia desses tinha 39. E agora em vez de 40 estou fazendo 70??? Inclua aí na sua lista de remédios... para as de 40 a 60, meia luz... Acho que é só disso que eu preciso. Um bom abajur com uma luz de 15wts... E um namorado que use óculos... É isso, só isso!!! Entendeu????'

Parei no sinal e olhei de lado e um cara de uns 25 anos piscou o olhou para mim. Ah... e ele nem usava óculos!

Nunca fiz o que me recomendou o filistreco. Minhas olheiras são parte de meu charme e valem o que faço pelas noites a dentro... Ah!!! se valem! As bolinhas da bunda desapareceram com uma solução caseira de vitamina A, que quase todas as mulheres usavam e eu não sabia, até que contei minha historinha do 'bruxo mau'. Os sinaizinhos estão aqui, sem grandes alardes e até que já acho bonitinho. O espelho é muito menor... o outro, eu dei a minha filha. E meu namorado diz que estou cada dia mais linda! Principalmente quando estou de saltos e rendas, disposta a encarar uma noite de vinhos e música. É claro que ele usa óculos. Mas quando quero ficar fatal, tiro os seus óculos e acendo o abajur.

No mundo sempre existirão pessoas que vão te amar pelo que você é, e outras, que vão te odiar pelo mesmo motivo. Acostume-se....


Autor desconhecido
George Michael - Freedom


Texto cedido pela minha querida Maria José Rezende, do blog Arca do AutoConhecimento.

41 comentários:

Perfeita Ordem disse...

Palmas minha amiga!
Muito boa!
É dessa forma mesmo que devemos encarar os "enta".
Não há como fugirmos do tempo,o melhor é nos aliarmos a ele e buscarmos o que temos de melhor,e temos muito,nessa nossa idade.
Como sempre Lena,mais um texto muito inteligente!
Mais uma vez lamento por nem todos terem acesso a essas maravilhas!
Beijos minha linda,fique com Deus!

Meire disse...

Estrelinha linda, ameiiiiiii o texto e li para minha irmã, Aninha, que chegou há pouco do cinema aqui em casa e que tbm adorou e te mandou um bjo :) vc já tá famosa aqui em casa! rsrs

O texto com um bom humor delicioso mostra que a idade chega para todos e o físico vai mudando e deixando marquinhas ou manchinhas que nos incomodam, mas é difícil mudarmos velhos hábitos que já nos caem como luvas e para nós é mega confortável, então preferimos nos adaptar da melhor forma com "meia luz", "um namorado que usa óculos" (ótima essa). Mas o mais importante é nos aceitar não importando a idade e as marcas que ela trouxe, mas sim a alegria e a vontade de sair pra cantar, dançar, de viver. O lance é ser feliz e sentir-se bem não importando a idade do seu corpo porque sua alma pode ser mais nova do que a de muitos jovens por aí.

Essa música é supimpaaaaaaa!!!!!
Que sua quarta seja docinha e calminha cheia de coisas boas minha anjinha, que Deus proteja seus passos e suas belas asas.

bjokitas cintilantes, cristalizadas e além das nuvens, com toques amadeirados. Te amo!!!!

LUCONI disse...

Ri um bocado minha amiga, ah se fomos ficar nos examinando não saimos mais nem da cama, adorei, quero te agradecer o selinho,são estes carinhos que nos dizem que vale a pena, amanhã venho buscar porque hoje está bem tarde, beijos Luconi

RELTIH disse...

LA CONCLUSIÓN ES MUY CERTERA. MUY DIVERTIDO POST. GRACIAS POR COMPARTIR.
UN ABRAZO

Mixha Zizek disse...

deve ser autêntica possível, mas sempre encontrar coisas que vai fazer você duvidar da realidade de cremes para o rosto e sabores que às vezes não são os nossos...

beijos

QUIM disse...

rs...muito bom mesmo esse texto....eu sou da opinião que a mulher apartir dos 33 é que vira fera mesmo...rs e quando entra nos entas meu deus é sonho né...bjs ..lena adorei..bj.

Su disse...

Bom dia pessoa linda e querida...

rsrs, ameiiiiiiiii começar o dia lendo esse, ou melhor dizendo, essa "receita" de ser felz, ser você mesma, aceitar seu corpo, sua vida, e seus hábitos que te deixam mais feliz!!!
Adorei esse "toin", rsrs, o texto é muito bom, ela é muito cômica, fui lendo e vendo as situações...
Agora vou pra minha palestra de hoje com a Marcia Gobbi, depois eu conto... espero que seja ótima, imagina eu me lembrando desse texto e rindo sozinha lá no meio da platéia...rs

p.s.: meu all star já está sendo providenciado, ufa!!! baixou a expectativa...rsrs

Lindo dia amiga querida!!! Te gosto muito! Beijinhos, Su.

cidinha disse...

BOM dia, amiga Lena. Que belo texto! Confesso que me levantou ainda mais minha alto estima!Há dias que levamos um susto quando olhamos no espelho, e gostariamos de fazer isso ou aquilo e assim vamos. Nos esquecemos que as pessoas tem que nos amar pelo que somos! Adoro meu jeans e salto e salto alto de vez enquando devido ao trabalho!Gosto de ser EU mesma.Beijinhos com carinho!!

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Li este texto com toda a etenção possível, sem conseguir largar do início ao fim!É realmente magnífico!Nada como aproveitar a vida, mesmo tendo de aceitar as pequenas imperfeições que vão aparecendo com a idade, não nos podemos privar de viver em prol da "beleza". Esta vem de dentro e se tivesse ouvido o especialista, ela não seria bela, porque a sua beleza seria apenas exterior! Bjkas!

Catia Bosso disse...

Acostumada estarei!!!

Olá LenaLindona!!!!!!!!!

Bjs meus

Cat

Cami Góes disse...

Vim retribuir a visita e adorei o blog e, principalmente, esse texto. Passei por isso agorinha, aos 31. rs
Bjos

Cacá - José Cláudio disse...

Eu que nem sou tão vaidoso escrevi até livro quando cheguei aos 40 (A VIDA DO BEBÊ-SEGUNDA PARTE). Instala-se realmente uma crise e no meu caso foi quando começaram a me chamar de senhor. rsrs. Muito legal esta crônica,Lena! Abração. Paz e bem.

Vivian disse...

Bom dia Lena!!

Adorei o texto!!rsrsrsr
Esta obsessão de hoje em dia com a aparência, não leva à nada, o tempo passa mesmo e é bem melhor alimentar nossa alma, assim sempre seremos jovens e bonitas!Porque a juventude não está no rosto e sim em nosso íntimo!
beijos!
*Obrigada pelo selo,
estou levando para a sala do blog!

Rô... disse...

oi minha querida,

que delicia de ler,
adorei cada parágrafo,
cheio de verdades,
mas cada ano vivido tem seu encanto e seu charme,
aos poucos fui descobrindo,
e é maravilhoso
tirar o óculos do marido e deixar um clima bem romântico com ao abajur aceso...(rsrs)

beijinhos,
Lena

Simone Audrei disse...

Há alguns dias atrás, escrevi um texto falando mais ou menos a mesma coisa, sobre este assunto ("Eu e a Balança"). Infelizmente o tempo é cruel e cobra sua passagem e nosso amigo espelho, passa a não ser tão amigo assim, insiste em salientar cada defeitinho novo que surge.
Contudo, o importante é quando "nossos amores", independente destes defeitinhos nos amam incondicionalmente, quando para eles ainda somos suas gatinhas, e também quando passamos enfrente aquela obra, ainda ouvimos elogios e outras besteiras... RSRSRS...
Bj.

Van disse...

Lena ! Fantástico e apoiado em cada linha e cada parágrafo do que escreveu. Cada idade tem seu charme e suas nuances , devemos mais é saber aproveitarmos o que cada degrau que avançamos nos proporciona e trazemos com o tempo a maturidade e a experiência , isso sim são "marcas" que devemos carregar e nos orgulhar pela vida toda. As demais é como vc mesma disse , nada que uma boa meia luz não resolva...rsrsrs... AMEI ! Fabuloso como sempre ! Adorei a visitinha lá no Bloguito , volte sempre , viu ? Grande Beijo !

www.meusescritoseoutraspalavras.blogspot.com

AquilesMarchel disse...

como elogio seu blog sem ser repetitivo?

muito bom lena

a farse final ótima
bj]ão viu

adoro suas visitas
inrteligente demais
fuie

oia eu puxando o saco

soniaconsult disse...

LENA!!
AMEI CADA LINHA DESTE TEXTO!
PODERIA TER PARTICIPADO DA BLOGAGEM COLETIVA DO DIA 15!
VOU LINKAR NO IDÉIAS, É UM TEXTO QUE DEVE GIRAR E GIRAR
E TBM VOU COLOCAR COMO TEMA NO COMPARTILHANDO!
SIMPLESMENTE AMEI AMIGA
BJOS

Estrela disse...

É isso aí Lena. O texto é muito bem humorado, mas no final é isso mesmo. Dá pra ser feliz sem se sujeitar à fazer tanto esforço, não é? hahaha...
Bjus!

Mesa Bar disse...

E é tão importante que gostemos de nós... exactamente como somos!!

Mafalda S. disse...

Adorei e subscrevo o comentário de Mesa Bar, o importante é gostarmos de nós mesmos, sentirmo-nos bem na nossa pele.

Beijo

Vera Lúcia disse...

Olá minha querida Lena,
Conhecia este texto e me diverti muito quando o li.
Se fôssemos seguir os conselhos do "Dr. Filistreco" passaríamos parte de nossas vidas cuidando de nossa aparência física e deixando de lado o primordial, que é curtir as delícias da vida. O tempo é implacável e chega para todos nós. Se o espelho incomoda, olhemos menos para ele.
É certo que alguns cuidados devem ser tomados, se queremos ficar bem
com a nossa auto-estima. Mas, nada de exageros. O que conta realmente é a idade de nosso espírito e o encantamento de nossa alma. O resto é resto.
Que venha a idade, já que não há como impedir. Que nos amem assim, se quiserem. O importante é que nos amemos.
Beijokitas adocicadas.

mfc disse...

O comentário de cima (Mesa Bar) é meu...
Aquele blog é de alunos meus!

Tatiana Kielberman disse...

Lena, querida...

Na minha humilde opinião, é possível ser gatinha em qualquer idade, sempre mais!

Adorei o texto, ótimo para dar um "up" no astral...

Beijos!

Cissa Romeu disse...

Oi Lena, querida!
Tudo bem?
Que texto maravilhoso.
Posso endossar em baixo,pois já estou nos "enta". Fico com minhas olheiras de urso panda todos os dias rsrsrs, na hora de sair, nada que um corretivo facial não resolva!
Beijosss

eva mooer disse...

Lena!!!que querido seu post....Amei desde a primeira linha.Que humor gostoso vc usou para descrever a idade e aceitar o que nos vem por experiência e uso intenso da "VIDA".Fazer quarente te garanto,é muito jovem mesmo para se preocupar a ponto de perder o fio da meada.A vida é isso mesmo,aproveitar e viver com alegria os mimos que gostamos de nos dar.Eu aos 56,uso salto alto,calcinhas de renda,vestido decotado e curto(mais ou menos)me cuido e amo a noite.No verão não saio da piscina e amo ficar marrom.Pagar o ´preço??/tudo bem, não gosto de troco mesmo.A vida é linda e deliciosa para se ficar sob o guarda-sol,usas meias kendal(urgh) e sandalias baixas.Deice isso para os 80 e olhe lá....Amei...beijokas

Luar disse...

Lena

Adorei, além de me fazer rir(obrigada, você conseguiu)o que nos últimos dias tem sido uma raridade, é mesmo aquilo que defendo!
-Se não gostar de mim ...quem gostará?

Beijinhos com carinho!

Jan disse...

LENA, MINHA LINDA

"Acostume-se...."RSRSRSRS

O TEXTO É MUITO BEM HUMORADO. GOSTEI MUITO!

JAN

Imac by Artes disse...

Minha querida!
Esse texto tem suas verdades.
Mas é lindo enfrentarmos as marcas do tempo. Elas nos dão maturidade, sabedoria.
Abraços! linda e abençoada noite pra ti.

Marly disse...

Lena,
Que texto gostoso viu? Adorei! Pareceu a minha saga dermatológica, aliás acho que é a de toda mulher. Quando se chega aos "enta" vem a neurose da pele flácida, das ruginhas, dos vasinhos dilatados, dos cabelos brancos que vão sorrateiramente aparecendo... E a gente pira querendo milagres! Aí você vai até um dermatologista e ele diz que pode melhorar um pouco, mas tudo é natural da idade... Isso a gente sabe, o que queremos é o milagre mesmo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Já me acostumei com meus "entas" e com tudo que vem com ele.
Beijokas doces e um restinho de semana de muita paz.

Ma Ferreira disse...

Então Leninha..
Essa coisa de idade..
Tudo bem que o que importa é a alma..
Mas temos que nos cuidar né?
Vc percebeu como as mulheres, assim como eu ( vc não sabe a minha idade )
não aparentam a idade que tem?
Ainda bem que existe alguns tratamentos que eu acho que desde que não haja exagero, são super bem vindos.
Cuidar do cabelo, um botoquizinho aqui.. não mata ninguém..
Mas sem exagero..

Um beijinho..saudades

Ma

Ma Ferreira disse...

acabei de te escrever..
sai rapido da pagina..se não foi..eu volto..rs
bj

ArcadoAutoConhecimento disse...

Lena, querida amiga. Esse texto dá no que pensar. A sua coerência chega a assustar. Beijos.

Vilmar Barros de Oliveira disse...

OI Lena,
O que a mulher madura perde (perde?) no envelhecimento do corpo, ganha em charme, paciência e sabedoria. Alem disso o homem perde a visão de perto e a capacidade de ver os defeitos (defeitos?)então tudo fica em ordem.
Beijo grande.

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite meu docinho de cõco!
Por esses dias ando tão atarefada que quase fico sem tempo de visitar minhas amigas queridas e amadas assim como vc...
Esse texto sei que faço parte dele...sou uma mulher entrando na terceira idade com porte de menina,rsrsrsrsrs,ainda pousando semi nua para um público do blogesfera,atraindo suspiros,cantadas,deixando interrogações se aquele corpo é meu,causando ciumes para outros e resumindo essa história ,já apareceu de tudo.mas mesmo assim tenho conquistado amizades verdadeiras...como a sua...
me manda por e-mail teu endereço,para eu enviar teu livro.
severa.cabral@hotmail.com

Rita disse...

Lena, ri muito com esse texto. E me identifiquei, claro! ;)
Te encontrei através do Blog do mfc e espero voltar mais vezes.
Bjs

Artes e escritas disse...

Um texto muito inspirado. Um abraço, Yayá.

ANA ROOS disse...

É viva nóiiiiiis

Mulheres que querem vida, não precisamos ser perfeitas bonecas, precisamos viver!

Eu vou acrescentar aqui, faz um tempo decidi que não posso emagrecer mais, kkkk eu que passei anos da minha vida na luta contra balança, descobri que uns quilos a mais me fazem mais "gostosa" do que um padrão básico de quilos por altura, rsss

Lena, sabia que ia me fazer muito bem conhecer seu blog!

Beijos no coração!

Severa Cabral(escritora) disse...

bom dia meu docinho de côco!
Vai lá no blog do meu amigo e ver a surpresa que ele me fez,se possivel add que ele está começando agora,bjs de bom dia!
pedrofransilva.blogspot.com

Sandra Portugal disse...

Esse texto é de uma perfeição que só quem entrou nos "enta" é que sabe!!!!! Vivo pensando que no dia em que aposentar meus saltos por não aguentar mais, aí amiga, de verdade....a tal da velhice chegou.....enquanto isso vou me mantendo no salto por mais uns "enta"....rsrsrsrs
adorei!
bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

zenolia disse...

Bom dia, por um acaso encontrei-te, tmbem entrei nos ENTA...e nunca imaginei tamanhas conquistas, refiro-me ás marcas do tempo,como sou evangelica desde minha infancia esperava a volta de Jesus sempre no AGORA...porém ainda estou na espera só que mais MADURA...e casada com um homem o qual foi dado por Jesus e é´vinte anos mais novo...isso já a oito anos...O rosto conta uma historia,vamos tentar não altera-la envelhecer sem medo, sem culpa e comemorar cada aniversario e viver nossa história.