29 de junho de 2012

Veneza, a cidade mais romântica do mundo





Veneza é frequentemente considerada como um dos destinos mais encantadores e românticos do mundo. A cena de duas pessoas de mãos dadas passeando por um dos inúmeros canais da cidade em uma gôndola se tornou clichê no cinema e é copiada todos os dias por casais apaixonados. Também pudera: o cenário cheio de palacetes e restaurantes que oferecem jantares à luz de vela parece feito sob medida para ser desvendado a dois.

Em três dias é possível conhecer toda a cidade, classificada como patrimônio da humanidade pela Unesco. Construída no século V sobre uma lagoa, Veneza é um arquipélago formado por 118 ilhas interligadas por 177 canais e 400 pontes. Não há carros nem ônibus circulando por lá. O transporte público é feito por barcos (os vaporetti) e anda-se muito a pé.

Pode-se chegar a Veneza de avião, aterrissando no Aeroporto Marco Polo, na cidade vizinha de Mestre, ou de trem, pela estação Santa Lucia. Dentro da estação, há um centro de informações turísticas, que funciona em horário comercial. Lá, o visitante pode pegar um mapa com os principais pontos turísticos, um livro com endereços de hoteis e um guia cultural. Também pode comprar cartões que dão acesso ao transporte e museus da cidade por um, três ou sete dias.

No primeiro dia, aproveite para se perder pelas ruelas de Veneza. Você vai encontrar casas de pedra, monumentos, museus e igrejas por todos os lados. Tente chegar à Ponte Rialto, uma das três que cruzam Grande Canale , a principal via de Veneza. Vendedores ambulantes oferecem máscaras, brincos e pulseiras. Siga para a Mercerie, a rua mais chique de lá. O dia pode terminar com um jantar romântico em um dos restaurantes da Piazza San Marco.

Guarde a localização para visitar a praça no segundo dia de viagem bem cedo, quando acontece a cerimônia de hasteamento da bandeira. Ali do lado fica a imponente Basílica de San Marco, igreja que guarda os restos mortais do padroeiro da cidade. Vale a pena pegar a fila para visitar a catedral, revestida internamente com 4,2 mil m² de mosaicos. Você pode subir a torre do sino do Campanile, o campanário, de onde terá uma vista completa da cidade.

Em frente à praça fica o Palácio dos Doges, antiga sede do governo, de frente para o mar, ótimo para ver a tarde cair. De lá, atravesse a Ponte dos Suspiros e visite a antiga prisão. 

Guarde o último dia para conhecer as outras ilhas da cidade. Pegue um vaporetto e vá até Murano, onde artesãos produzem peças de vidro e cristais manualmente. De volta à Veneza, termine seu dia com um passeio de gôndola para apreciar o pôr-do-sol. É bom combinar o preço do pacote antes para que a conta não estrague o clima.


www.terra.com.br

2 comentários:

Célia Rangel disse...

Ótimas dicas!
[] Célia.

josenaide coelho disse...

É a coisa mais linda!pense!
Encanta os olhos com paixão.
É uma verdadeira fascinação
esse lugar,para se apaixonar...