15 de agosto de 2012

É hora da virada...


 
Você vive reclamando, vive preocupado com tudo, ou desmotivado com a sua vida? Até quando você pretende viver dessa forma? Onde esse comportamento vai te levar? Ou você acha que a "culpa" de tudo que está vivendo é dos outros?

É necessário responsabilizar-se pela própria vida, principalmente, pelo comportamento que se forma conforme a qualidade dos pensamentos e emoções que se cultivam.

Mudar é preciso. É preciso reconhecer as próprias dificuldades e barreiras, é preciso ter coragem o suficiente para mudar e fazer diferente tudo o que tem sido feito até o momento. Por que não fazer diferente? Por que não modificar rotinas? Por que não se abrir a novas possibilidades?

 O que vem lhe impedindo de ser verdadeiramente feliz? O que ocorre no seu comportamento que está possibilitando esses fatos que o deixam triste ou o impedem de ter uma vida melhor?

É hora da virada!!!! Mude, aja numa direção diferente que o leve realmente a um caminho mais pleno.
Isso não é impossível, isso pode ser plenamente realizado, mas tudo acontece a partir de você, dentro de sua consciência. Não culpe os outros e não se culpe, apenas se responsabilize e tenha ações para corrigir tudo o que estava errado em você mesmo.

Quanto tempo você perdeu por se esconder por trás de seus medos e incertezas? Quantas vezes você culpou os outros ou as circunstâncias pelos seus fracassos? Você realmente pretende continuar agindo assim?

Perceba agora se você não costuma fazer isso em pequenos detalhes, em pequenas coisas, ou se faz naturalmente. Você é o único responsável por fazer sua vida feliz, ninguém pode fazer isso por você. Até quando você ficará esperando por isso?

Utilize lembranças positivas e benéficas para ter um impulso para tomar novas ações. Não fique se lamentando pelos fracassos, pois você é completamente livre para fazer tudo de outra forma e com a possibilidade de ter muito êxito.

Pense sempre em soluções e não em problemas. Não queira fazer "doutorado" dos problemas que você vivencia. É muito melhor viver em busca de soluções, essa é a melhor maneira de encontrá-las. Lamentar-se, reclamar, repetir sobre os problemas não o levarão às soluções.

Seja grato pelas coisas boas que já recebeu e vivenciou. Reconheça os benefícios que já teve na vida. Ninguém tem uma vida completamente cheia de fatos ruins, existem também os bons momentos, tire algum tempo para relembrar esses momentos e agradeça por cada um deles, isso pode fazer toda a diferença ao descobrir que há muita coisa pelo que ser grato.

Tenha um objetivo, saiba onde você quer chegar. Trace um plano para alcançá-lo. Um barco sem rumo é levado por toda sorte de vento ou correnteza a qualquer lugar, desde pedras até a ilhas desertas... e não é isso que você quer, é?

Não tenha medo, tome outro rumo, permita-se fazer novas descobertas... Essa é a hora da virada!!!

"A mudança é um ato de fé. Nasce da luta entre o velho e o novo". Autor desconhecido.


Alessandra França

4 comentários:

Mensagens Abençoadoras disse...

OI, queria ser pessoal, como sempre sou com todos vcs, mas estou com a tendinite atacada nas mãos e braço direito, e esta difícil digitar por enquanto...li seu post,assim que melhorar tentarei voltar e dar minha opinião ok?
Estou tendo que copiar e colar estas palavras para todos, me perdoem...SIMPLESMENTE QUERO ME FAZER PRESENTE EM SUA VIDA,não estou fazendo "de qualquer jeito" sei quem é vc... e apesar de meio "gualeba" estou por aqui... rsrsrs!
Amo vc em Cristo!
Abençoados dias para vc!
Bju
Marly

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa disse...

E se, por um só instante, parássemos para pensqar que o nosso irmão está muitíssimo pior do que nós e não solta um queixume sequer?
Um abraço.

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa disse...

E se, por um só instante, parássemos para pensqar que o nosso irmão está muitíssimo pior do que nós e não solta um queixume sequer?
Um abraço.

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa disse...

E se, por um só instante, parássemos para pensqar que o nosso irmão está muitíssimo pior do que nós e não solta um queixume sequer?
Um abraço.