15 de dezembro de 2012

Pais e filhos




Expectativas sem fim... A imaginação rola solta. O meu filho vai continuar os meus passos com o império que construí... Marina será uma grande pianista. Jorge, jogador de futebol! Posse. Projeção, ideais, planejamentos. Estratégias de sucesso. Carências preenchidas. 

Planos de vida. A escola certa, amigos escolhidos, direcionamento. Submissão. Chantagens emocionais... Manipulação. Eu dei a vida, criei, paguei os estudos, quero obediência. Como pode fazer isto com os seus pais? Nós o amamos tanto... e é desta forma que retribui? Depressão. Doenças. 

Exigências. Perfeição. Abismo profundo. Choque de temperamentos. Linhas traçadas ao longo do tempo. Vale a pena tanta imposição? Uma sombra nos olhos. Tristezas. Lutas por um destino maior. Gritos silenciosos de socorro. Ter coragem para dizer não. Tomar as rédeas do destino. Acreditar que o poder está dentro de nós... 

Dor, sinônimo de perda. A felicidade é assim? Aceitação. Tolerância. Estimular os talentos naturais. Acreditar nos sonhos que virão. Um amor para sempre. Proteção. Aconchego. Avançar, apesar do medo. Oportunidades de aprender com os erros. Sentindo o vento no rosto. Luz no fim do túnel... 

Um novo amanhã, vindo da luz das sensações, saber que somos únicos na nossa essência. Sentimentos ternos, olhares profundos e a confiança entre pais e filhos crescendo na eternidade. Palavras de apoio, abraços carinhosos, entender de gente... Sorrir intensamente. 

Sem bloqueios. 

Lágrimas de encantamento enchendo a nossa alma, pura e simples, mas tão feliz! Em paz... Escutar sem críticas, fruir o momento presente, trocar energia positiva dando as mãos. Perdoar, para que os laços da comunicação sejam uma constante. Para que a vida seja maravilhosa... 

Conexão divina, intuição aflorada, encontrando a raiz da criatividade. Com muita doçura, expandindo o ser interior, em sintonia com o mundo. Sensações indescritíveis, intensa alegria, foco na missão de vida! Busca do autoconhecimento. Atravessando fronteiras, com fé e tranquilidade, encontrando o caminho do coração.


Mon Liu


2 comentários:

Célia Rangel disse...

Diálogo / aceitação / perdão refletem no amor que trocamos entre os nossos respeitando sempre as individualidades!
Bj. Célia.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Um texto que merece reflexão.
Desejo muito que esteja bem.
Venho desejar a si e sua Família
um FELIZ NATAL.
Bj.
Irene Alves