2 de outubro de 2010

Os sexagenários Charlie Brown e Snoopy

Imagem


Charlie Brown, Snoopy, Lucy, Linus, Woodstock, Celie, Schroeder, Patty Pimentinha e Marcie já não precisam pagar transporte coletivo, e entram no cinema desembolsando apenas a metade do valor do ingresso. Hoje, 2 de outubro, eles fazem 60 anos. Peanuts, ou como ficou conhecido no Brasil Charlie Brown e sua turma, nasceu das mãos de Charles Schulz em 1950 com a tirinha abaixo. Os traços ainda eram simples, naïf, e as personagens, redondas. O desenho se modernizou até 1999, quando Schulz se afastou do trabalho. Ele morreu em 2000.

O humor de Peanuts é suave, melancólico. Por isso, talvez, algumas tirinhas muito sarcásticas foram colocadas no limbo e nunca publicadas.

O menino de cabeça redonda, calças curtas e apenas uma mecha de cabelo e seus amigos ganharam o coração de muitas gerações de crianças e adultos. Por isso, a sua festa sexagenária terá comemoração em vários países do mundo. Aqui no Brasil, A L&PM, que já lançou três volumes em capa dura da série Peanuts completo e 10 livros com as aventuras do Snoopy na coleção pocket (para levar no bolso), fará uma ação especial na internet. Até 2011, a editora pretende lançar mais dois volumes de Peanuts completo.

Desde 1º de outubro, moradores ou visitantes de Washington poderão participar de vários eventos em comemoração aos 60 anos. Na mostra de “auto-retratos” de Charles Schulz, vários desenhos do criador de Snoopy estarão expostas no Smithsonian’s National Portrait Gallery.

A Lacoste também criou produtos especiais para a data e, a partir de outubro, vende camisas polo com personagens de Peanuts e o jacarezinho característico da marca interagindo com eles – como o bordado que traz Charlie Brown jogando baseball e o jacaré pegando a bola com a boca, como um cachorro de estimação.

Até a marca de jóias TSL, de Hong Kong, resolveu presentear a turma de Charlie Brown. O presente, confessamos, é o mais caro e luxuoso de todos: um Snoopy cravejado de diamantes – 9.917 diamantes claros, 783 diamantes negros e 415 rubis. (O quê???) Isso mesmo. A marca demorou mais de 8 meses para terminar a peça. Gostou? Custa quase US$ 400 mil, segundo o site Luxury Insider.

Um comentário:

Luiz Alfredo Nunes de Melo disse...

Houve um tempo
que eu queria ser o Brown
e ter um cãozinho
como o Snoopy
ainda coleciono sua tirinhas
quando leio algum jornal
ou compro os gibis
as vezes
eu queria mesmo era ser o Snoopy
e seguir sua filosofia de vida
não se preocupar com o mundo
o mundo é que se preocupe
comigo
as teses de Feuerbach
é que iam pras cucuias
e eu ficaria de banda pra lua
tomando banho de cuia
latindo
e comendo ração:
sopa campell´s com coca-cola.

Luiz Alfredo - poeta