11 de fevereiro de 2011

Sinais do tempo




Espelho, espelho meu, há no mundo uma maneira de manter a jovialidade da minha pele? Para quem acalenta esse sonho, os especialistas avisam que as rugas não surgem de repente. E aconselham: a melhor maneira de conviver pacificamente com o espelho é entender o que são esses sinais de expressão, quando e porque eles aparecem. Aceitar a passagem do tempo e manter um estilo de vida saudável são atitudes essenciais, defendem.

É por volta dos 40 anos que as rugas começam a demarcar, literalmente, o território. Testa, área dos olhos e contorno da boca são o principal alvo. Mas sua formação ocorre ao longo do tempo, afirma o dermatologista João Carlos Fonseca, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). "Grande parte das rugas faciais são de expressão, e surgem em decorrência dos movimentos do rosto. Depois de anos e anos fazendo o mesmo movimento, os vincos começam a aparecer. Daí eles surgirem, geralmente, na meia idade", afirma.

A pele humana age como uma barreira que protege o organismo e seu bom funcionamento depende também de fatores externos, reforça a endocrinologista Eliane Pupin. "Os raios ultravioleta, os radicais livres, as substâncias tóxicos e alergânicas, a predisposição genética, o sistema hormonal e imunológico são determinantes para o tipo de pele e também para a forma como ela reagirá aos efeitos do tempo", enumera.

As rugas podem ser superficiais ou profundas e são caracterizadas pela diminuição das fibras de elastina, o que significa a perda da elasticidade do tecido. A partir dos 35 anos não produzimos mais colágenos, substância de sustentação da pele, o que a deixa vulnerável. Já na menopausa, o aparecimento se dá pela baixa de estrogênio, o que provoca a diminuição da elasticidade da pele.

Independentemente das razões que as fazem surgir, aceitá-las não é tarefa das mais fáceis. Mas é bom lembrar que são sinais de experiência. Para os especialistas que lidam com a questão, as marcas do envelhecimento que aparecem no rosto devem ser vistas como uma expressão das experiências vividas e não como algo inevitável e difícil de ser aceito.

Conselho de especialista? As mulheres devem buscar alternativas que amenizem os efeitos do tempo e, principalmente, o aparecimento precoce de rugas e sinais. Mas não podem esquecer que essas marcas são inevitáveis. O ideal é encontrar alternativas que respeitem e privilegiem o aspecto natural da pele.


Da Redação do mais50



Um comentário:

Kiro Menezes disse...

E que graça teria viver a vida e não levar nenhum sinal de cada momento, não é?! Feito as marcas orgulhosamente exibidas de quem luta grandes batalhas!!!

:D