26 de abril de 2011

Na busca pela essência, quero ser crua!




Como vocês bem sabem, tenho estado recolhida para um tempo de revisões, que chamei de uma pausa para crisalidar. Dentre as percepções e novas ações, resolvi fazer algumas mudanças em meus hábitos alimentares.

Gosto de pensar que cada um de nós tem um talento especial, o qual pode ser trocado com os mais próximos para que nossas vidas fiquem enriquecidas dessas sabedorias particulares. Portanto, para efetuar com segurança essas mudanças, busquei o talento de minha querida amiga Conceição Trucom. Ela é autora dos livros ‘Alimentação Desintoxicante’ e ‘O Poder de Cura do Limão’. Além disso, é uma pessoa linda, que transborda vida e energia positiva por todo o seu ser...

De tudo de importante e especial que ela tem me ensinado, o que mais me tocou foi sobre o cru. Aproveitei as preciosas dicas para, sobretudo, freqüentar mais e mais a feira. E enquanto ela vai me falando sobre as vitaminas, as enzimas, os minerais e toda a riqueza que pode ser assimilada dos alimentos vivos (como ela os chama) e do quanto tudo isso revivesce nosso organismo e muda nossa saúde de modo integral, eu vou viajando no ‘cru’... no ‘ser cru’...

E tenho refletido sobre o quanto, ao longo da vida, vamos desvalorizando o que é cru dentro e fora da gente, vamos nos perdendo em processos absolutamente desnecessários. Iludidos pelos sabores artificiais e pela estética industrialmente elaborada, vamos criando maneiras de não sermos nós, mas sim sermos quem acreditamos que os outros desejam que sejamos (ainda que essa crença seja também apenas uma ilusão).

Engolidos por este desejo adoecido de sermos aceitos num mundo onde bom é quem se encaixa nos moldes inventados, perdemos os nutrientes que nos tornam únicos e, portanto, genuinamente diferentes, desencaixados de qualquer molde.

Acho que fica mais fácil compreender o que acontece conosco se pensarmos no refinamento pelo qual passa o arroz, por exemplo. Para deixar seu aspecto aparentemente mais bonito, ele é processado até que fique completamente branco; com isso, chega a perder até 75% de seu valor nutritivo, que está justamente na película escura que reveste o grão. O fato é que quando se refina o arroz até deixá-lo branco, seu germe é destruído e o grão não tem mais vida; é, portanto, um alimento morto.
De integral, pleno de vida e nutrientes, é transformado em nada... mas pelo menos é um nada bem mais bonito, bem mais apresentável, na opinião da indústria e, consequentemente, na opinião da maioria dos consumidores de arroz.

Bem, não pretendo falar sobre alimentação, e sim sobre essência, sobre processos internos e, em última instância, sobre os refinamentos aos quais nos submetemos sem nos darmos conta de que estamos nos matando, abrindo mão do que há de mais íntegro e vivo em nós...

E fazemos isso, na grande maioria das vezes, simplesmente para ‘parecermos’ melhores. Seja ganhando mais dinheiro, seja sustentando um emprego incoerente com nossos valores, seja investindo em conquistas que só alimentam a nossa vaidade, seja mantendo relações superficiais para termos a sensação de controle dos sentimentos. Enfim, temos apostado muitas vezes num refinamento que nos torna vazios.

É por isso que me decido agora pelo que é íntegro e cru. Menos defesas e mais espontaneidade. Menos hambúrguer e mais brócolis. Menos maquiagem e mais transparência. E, nesta medida, bem mais essência nesta vida ainda que, muitas vezes, nossas cascas fiquem à mostra!



Rosana Braga




30 comentários:

Carla Farinazzi disse...

É isso, Lena, afinal a vida é nua e crua, qualquer coisa além disso é perfumaria, maquiagem, pirotecnia... A essência é o que somos, sem refinamentos, artificialismos e máscaras.
O amadurecimento, pelo menos na minha opinião, conduz a isso. E isso é muito bom! Como aquela velha senhora que vi na rua outro dia, com seu chapéu roxo e seus sapatos laranjas. A pura imagem da liberdade!
Saudades, parabéns pelos 300 amigos, você merece, querida!!!

Beijos

Carla

(levo o selinho com imenso prazer)

Pena disse...

Notável e Preciosa Amiga:
Já registei a sua lição de alimentação cuidada.
Tem-nos dado imenso de si.
Parabéns pelo extraordinário sentir e ser seus de sonho e magia maravilhosa e doce.
Beijinhos amigos de pureza.
MUITO OBRIGADO pelo carinho constante para comigo.
Sempre a admirar o que "confecciona" com beleza.
Grato...

pena

É fabulosa.
Bem-Haja, amiga de sonho.
Adorei.

C. disse...

Amiga, nao resisti e aceitei um selo (viu só? rs) e a "condicao" da brincadeira era indicar 5 blogs, e indiquei tu, espero nao fique brava. O endereco do blog é http://wwwwillblog.blogspot.com/ e a indicação fiz no post 125.
Segundo a "brincadeira" ele entra em contato com os indicados, mas estou te adiantando.

Já volto ler o post de hoje....

Malu disse...

Menina!
Seu espaço é maravilhoso sempre.
Tenho dado umas passadinhas por aqui...
Eu também quero ter a sensação de estar inacabada para poder receber o melhor da essência.
Abraços

Kiro Menezes disse...

Oi amorinha.

São por nossas decisões que nossa alma ganha vida!

Amei o post ♥

Beijinhos florzinha... Vou lendo o dia todo, tah?! Quero sorver de ti minha paz ao hoje.

*-*

Rejane-Enajer disse...

Tudo na simplicidade e nós seres humanos complicando sempre não é amiga? Gosto muito dos textos da Rosana Braga.
Um abração !!
Rejane

Calu disse...

Tanto refinamento trouxe a metamorfose da essência em aparência. O assunto dá laudas de discussão e bota pra pensar...aliás como de hábito por aqui, Lena.Teu "olho clínico" é certeiro nos temas e imagens.
Uma semana de fortes essências p/ ti, menina.
Bjo grande,
Calu

Maria José disse...

Oi amiga. Sabe que nosso corpo foi feito para viver 200 anos? Isso não acontece devido à má alimentação. Estragamos o organismo com a tecnologia alimentar.
Há um selinho para você no Arca. Chama-se “Este blog é apaixonante”. Está em Mimos 2011. É só rolar a tela para baixo. Fique à vontade para responder ou não as perguntas. Beijos.

welze disse...

interessante post. muito o que se pensar e fazer. boa semana

disse...

Transparência é tudo, pois a vida é nua e crua, não podemos deixar de ser nós mesmas. Não podemos perder nossa essência. Muito lindo e edificante o texto. Paz!

Van disse...

Espontaneidade é o que torna a vida leve

Parabéns pelos seus mais de 300 amigos Lena, levei seu selo lindo

Beijos!

★Cigana do Oriente disse...

Muito bom o texto.
Acho que tudo é questão de costume, e se investirmos mais no cru com certeza nossa saúde agradece.
Eu de cru só frutas e algumas saladas, mas mesmo assim sei que poderia investir mais nisso
Nossa educação alimentar anda muito relaxada por causa de tantas tentações que vemos em padarias e mercados, acabamos nos perdendo nesse mar de gorduras e açúcares rsss
Bom sempre ler algo assim pra nos despertar novamente
Beijos pra ti com carinho!

Claúdia Luz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Julio Díaz-Escamilla disse...

Celebro que hayas tomado cartas en el asunto sobre tu alimentación; enriquecerte a través de ella y proveer a tu templo (cuerpo) una luz más generosa.
Un abrazo.

Du disse...

Lena, viveremos a nossa mais pura essencia doa a quem doer. Incluindo nós mesmas, certo?
Bjs e boa semana.

manuel marques disse...

Desculpe a minha ausência,estou voltando aos poucos!

beijo.

danbrandao disse...

Parabéns pelo blog, é de rara beleza um verdadeiro encanto para os olhos e muito confortante para o coração.
Daniel Brandão.
http://danbrandao.blogspot.com

C. disse...

Às vezes acho que confundo ser e parecer, porque parece que as pessoas só querem que você pareca e nao seja.
Depois que vim pra cá aprendi tanto em muita coisa, mas no quesito "ser humano" ainda mais.
Entre o que eu era e o que sou agora, creio que o medo que eu tinha de ser foi lançado fora, e a essência potencializada.
Adorei o (con) texto!

* Amiga, sabe quem fez o coment de que o Van Gogh é feio? Meu digníssimo! lol! E eu adorei o que você escreveu... ele disse aquela tela parece um câncer... é duro nao entender português aí nao entende o contexto da postagem, e o tradutor por sua vez nao ajuda em (quase) nada.

Beijinhos!

Meire disse...

Puxa vida, vc disse tudo. E engraçado estou no mesmo calço tentado mudar mus rumos da alimentação, mudando assim tbm muitas coisas dentro de mim. Afinal se é pra renovar vamos com tudo...adorei seu blog, sempre que der estarei por aqui. Um grande beijo e sorte na nova etapa que ela lhe traga coisas boas física e psicológicamente falando =D

Sandra Portugal disse...

Nossa, como tudo isso é marcante!!! Forte! E como é dificil se manter cru! Adorei o trecho:

"E tenho refletido sobre o quanto, ao longo da vida, vamos desvalorizando o que é cru dentro e fora da gente, vamos nos perdendo em processos absolutamente desnecessários. Iludidos pelos sabores artificiais e pela estética industrialmente elaborada, vamos criando maneiras de não sermos nós, mas sim sermos quem acreditamos que os outros desejam que sejamos (ainda que essa crença seja também apenas uma ilusão).
Engolidos por este desejo adoecido de sermos aceitos num mundo onde bom é quem se encaixa nos moldes inventados, perdemos os nutrientes que nos tornam únicos e, portanto, genuinamente diferentes, desencaixados de qualquer molde."

Vou pensar mais nisso!!! obrigada pela bela escolha! bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

soniaconslt disse...

Lena
Acabei de chegar em casa.
Depois de um café (a janta ainda não está pronta) vim direto...
Obrigado.
Fizeste bem em trazer para ti.
Fiz com carinho, pois é isto que sinto e gosto de partilhar.
E serás bem vinda no encontro.
bjos

* Verinha * disse...

Que fantástico este texto Lena!.. Aliás suas escolhas são sempre muito boas!

Um beijão imenso em seu coração..
Verinha

Mara Melinni disse...

Boa comparação... (Adoro dicas saudáveis)!! É sempre fundamental refletirmos sobre quem somos e o que trazemos dentro de nós. Muita gente perde seus "nutrientes" para parecer mais bonita, mais popular... Até se vendem - sem preceber - por prestígio. Mas "o essencial é invisível aos olhos" (Saint Exupéry). Ótima semana!! Bjss

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

Amiga Lena, parabéns p/ postagem. Edificante e informativa. Grato p/ abraço via comentario no ARCA. Qto a correria, nada acontece por acaso. Siga em frente e nao olhes para tras. Casa nova, vida nova! Recomendaçoes ao ilustre profissinal da medicina. Abrçs. Roy Lacerda.

Graça Pereira disse...

Um texto maravilhoso sobre a transparência de ser, como pessoa, fisicamente e tudo aquilo que nos alimenta e fortalece.Há aqui uma ponte que se estabelece!Não se pode ser "cru" á mesa, sem o ser tb no nosso quotidiano: simples e transparente!
Beijocas.
Graça

Morgana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
♫*Isa Mar disse...

Boa mudança pra ti então Lena, eu faz pouco mais de 1 mês que me mudei,de casa e de cidade também, não é fácil mas depois de tudo ajeitado é muito bom
Beijos pra ti!

♫*Isa Mar disse...

Lena, desculpe rsss mas usei o perfil que era do orkut, tava nele vendo umas coisas e nem percebi que tinha comentado com ele, acho que ficou sem entender nada né? mas esse cometário aqui exclui tá? beijoss

Cristal - ♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Oi querida, você merece tudo que a Sonia falou à seu respeito e um pouquinho mais...

Você sabe e não é segredo pra ninguém que eu adoro seus blogs e adoro você também e totalmente "de grátis" porque a gente nem se conhece pessoalmente, mas acho que isso não importa, porque carinho é assim mesmo, a gente sente e não sabe de onde vem...

Quero te agradecer pelo selinho e te dizer que já está lá no blog....

Grande beijo e parabéns

Ani

Will Lukazi disse...

Olá tudo bem ! Parabéns pelo texto e pelo excelente conteúdo do Blog.
Gostaria de lhe informar que seu Blog foi um dos indicados pela Cris do Blog CAFOFO ON LINE@ (http://sou-da-cris.blogspot.com/) para disputar o Selo BLOG DA SEMANA oferecido gentilmente pelo BLOG DO SUPER WILL ( http://wwwwillblog.blogspot.com).
O seu Blog disputará com outros 5 esta homenagem mais que merecida, através de uma enquete que se encontra e permanecerá aberta para votação no BLOG DO SUPER WILL por 10 dias, logo abaixo dos SEGUIDORES. O selo é uma forma muito bacana de incluir links em outros blogs colaborando com a divulgação e troca de experiências .
Os blogs indicados não têm obrigação alguma de aceitar o selo ou a votação ou talvez até já tenham recebido. Mas vale demais pelos contatos, não acham? Caso não queira participar da votação me informe pelo e-mail superwill1000@hotmail.com
De antemão parabenizo a você pelo fino trato que tem dado ao seu Blog, não à toa ele foi um dos indicados. O vencedor ganhará além do Selo, receberá uma homenagem do BLOG DO SUPER WILL na página BLOG DA SEMANA, assim como outros ganhadores anteriores ainda disponíveis na página.
Numa próxima oportunidade estarei visitando-o novamente e poderei conhecer mais este belo Blog ao qual sou o mais novo seguidor. Grande abraço !