24 de maio de 2011

O mito da mulher misteriosa



Com certeza você já deve ter visto uma dessas ou no seu trabalho, grupo de amigos ou mesmo andando nas ruas. Talvez você até mesmo seja uma dessas mulheres.

É fácil reconhecer a mulher misteriosa. Ela jamais atende o celular na sua frente. Se levanta e vai atender bem longe de você. E você não sabe se ela está narrando alguma postura do Kama Sutra ou uma receita de bolo de fubá da vovó. O toque do seu celular é discretíssimo e você nem percebe que ela saiu de perto pra atender. Porque ela também é discretíssima.

Por que terminou o namoro da mulher misteriosa? Ela enjoou dele? Levou um pé na bunda? O cara morreu? Ela tá sofrendo? Você nem sonha. Ela não conta nem pro terapeuta. Aliás, você também jamais vai descobrir se existe um terapeuta.

Sua idade é entre 25 e 38 anos. Não dá pra saber só de olhar. Seu rosto se desfaz em segundos. Talvez ela more nos Jardins. Pinheiros. Veio de Curitiba. Ela é carioca? É ali por perto, você acha. Seu carro é preto ou cinza, quase certeza. Ela gosta de música, porque vive de I-pod. Mas o que será que ela escuta? Nada. você não sabe absolutamente nada da mulher misteriosa. Quando você a encontra no banheiro, dá um segundo e ela desapareceu. E você louca pra descobrir, ao menos, a marca da sua pasta de dente.

Numa mesa de bar com conversa animada ela se limita a sorrir. Numa festa importante ela se limita a aparecer por minutos e desaparecer em segundos. Em um show ela jamais canta as letras, rebola, comemora, fica suada. Aliás, quem é que já encontrou ela em algum show? Ou em algum lugar? Mas era ela, não era?

Dizer seu nome em vão parece até um pecado. Ela nunca fala de ninguém e muito menos dá assunto para alguém falar dela. Não se tem nada a dizer dessa mulher. Mas, para desespero geral de todas as outras mulheres, o mundo não tem outro assunto.

Todos os homens desejam loucamente a mulher misteriosa. Todas as mulheres desejam loucamente a mulher misteriosa. Sua personalidade incerta acaba se tornando uma personalidade fortíssima e seu jeito anulado acaba se tornando um espaço gigantesco para todos imaginarem o que bem quiserem.

E eu, como estava dizendo, sempre quis ser dessas mulheres imperfuráveis, inatingíveis, inaudíveis e incompreensíveis. Mas nunca consegui. Quando vou ver, já contei minha vida pra primeira pessoa que me deu um pouco de atenção. Já to rindo alto no restaurante porque não me controlei e fiquei feliz demais. Já escrevi um texto sobre o fulaninho da terça passada e publiquei numa revista. E o fulaninho ta morrendo de medo porque escrevi que gosto dele. E se alguém perguntar, vou dizer mesmo que goste dele. E se ele não gostar de mim, minha tristeza não será segredo para ninguém. E minha pasta de dente é para deixar os dentes branquinhos. E quando vou ver, lá se foi a mulher misteriosa que eu gostaria tanto de ser. Porque eu jamais poderia ser uma.

E sofri anos com isso. Até que resolvi conviver de perto com algumas mulheres misteriosas para tentar descobrir o que se passa na cabeça e na alma desses seres incríveis que nunca têm nada a dizer, a doer, a aconselhar, a cantar, a dançar, a morrer de rir, a fofocar, a detalhar, a exagerar, a sonhar, a dividir, a acrescentar. E descobri que a coisa era muito mais simples do que eu imaginava: nada. Não se passa nada de relevante nem na cabeça e nem na alma dessas mulheres.

As mulheres misteriosas, tão admiradas e desejadas, não passam de mulheres sem a menor graça. Elas não calam por mistério, charme ou discrição. Calam porque simplesmente não há nada mais sábio que elas possam fazer.

Tati Bernardi 

31 comentários:

Meire disse...

Lena, eu bem que já tentei "fazer" a mulher misteriosa, mas não consigo ser menos que transparente (sei lá se isso é bom ou ruim, mas sou eu).Imagina se eu num vou num show e grito todas as letras que sei, até as que num sei eu dublo rsrs
E hoje admiro pessoas que falam o que pensam, o que sentem, que dão a cara a bater escancaradamente. Talvez as mulheres misteriosas sejam até perigosas, pois ninguém sabe quem realmente são elas.
Tá, eu admito que em certos momentos um pouco de mistério é até bom! Mas na medida.

Minha flor de formosura, cadê vc? To com saudade das suas palavrinhas que tanto aquecem mio core, espero que esteja tudo bem contigo. Bjo bem grande e meu carinho sempre, Meire.

C. disse...

Li algumas coisas sobre a Tati Bernardi e nao é muito das minhas. Mas pode ser que eu venha a me deslumbrar com ela, nunca se sabe. Mas ela tem sido a referência de escritora para as adolescentes, no momento. Boa escolha, amiga, só pra lembrar.

Eu tive uma amiga misteriosa no trabalho, mas de vazia ela nao tinha nada, era maravilhosa, morro de saudade dela!

Amiga, tu acredita fui indicada pela segunda vez ao blog da semana? Chique né? Mas nao vou aceitar, agradeci e me prontifiquei a indicar um.
Tá tudo bem?

Rô... disse...

oi querida,

devemos ser aquilo que somos,
porque na maioria das vezes se tentamos imitar algo ou alguém,
fica muito mecânico e artificial...
mulher misteriosa como você disse,
não tem nada de sábio,
é muito sem graça...

beijinhos

Bloguinho da Zizi disse...

Lena
Conheço algumas assim.
Alguns dizem que são de um requinte, de uma finesse, de uma elegância, mas..dessas que conheci, descobri um vazio profundo na alma. Não conseguem se abrir, se relacionar, sorrir, então se afastam, de medo, por não conseguirem ser "normais".
beijinhos

Ingrid disse...

observação interessante Lena..
há alguns anos me tiveram como misteriosa, mas era pura timidez mesmo.. rsrs..
hoje sou risonha, expansiva e alegre.. bem melhor!
mas isso só a vida,a idade/tempo, e experiências nos trazem..
e sou mais feliz!
aliás, eu moro nos Jardins/ Pinheiros ,vim de Curitiba e sou carioca! hahahaha....
beijos linda!

Toninhobira disse...

Olha que coisa vejo aqui, uma belissima cronica sobre uma mulher que se quer ser diferente, quer dizer que perde o encanto, a ternura que tanto canto nas mulheres.E penso se existe esta mulher misteriosa despojada da arte de ser mulher.Muito interessante esta que eu nunca havia atinado e ou pensado.Bem é um prazer estar pela sua pagina e ler estas belas definições de felicidade na aba lateral sobre a Marina das tranças e do Jacarandá Madeira,feito com beleza e carinho.Isto conta, isto diferencia uma pessoa.Parabens Lena,vou seguindo com admiração.Meu abraço de toda paz e luz nos seus dias, na busca pela misteriosa,rsrs.

Tatiana Kielberman disse...

Lena, querida!

Eu já conhecia esse texto da Tati Bernardi e sou super fã dela!!

Não há dúvidas de que existam muitas mulheres misteriosas por aí... Basta apenas ter a perspicácia para achá-las!!

Lindo, amei!

Beijo grande!

Mafalda S. disse...

Por acaso até me diverti a ler esse texto. Bom, o importante é vivermos de acordo com a nossa personalidade e não tentarmos ser alguém que não somos.

Beijos

✿ chica disse...

Existem tantas e tantas assim mesmo...Bem diferentes de mim...rssr Lindo texto da Tati! beijos,chica

.:*Aline*:. disse...

Ahhh, quantas vezes me frustrei por não conseguir ser tal qual a mulher misteriosa, tão cheia de encantos e beleza... tantas vezes tentei seguí-la, ser como ela, admirada e desejada, mas sempre falhei em algum ponto, sempre volto a ser a mulher "normal"...
Ufa, ainda bem que nunca consegui.

Lena, naum conhecia o texto, amei, amei do início ao fim.
*bJIM*

Luar disse...

Lena

Obrigada pelo carinho no meu dia especial e além de vir ler como é costume, venho também agradecer.
Amei a mulher misteriosa, com que não me identifico felizmente!
Sou um livro aberto, não dispenso a gargalhada no restaurante, muito menos o falar de mim aos amigos.
Adoro ser mulher "normal"!
Uii..tão bom, ser a essência em vez da nulidade!

Beijinho

Lucimere disse...

Boa!
Eu não tenho a vocação da mulher misteriosa. Gostei do texto, mas achei o desfecho controvertido. bjo.

Estrela disse...

Olá,LENA.
Quem é que nunca quis ser a mulher misteriosa? Só um homem, não é mesmo?rsrsrrsr
Também sou mesmo assim:longe de ser a tal mulher,mas me agrada o que sou.
Beijinhos pra ti!

acácia rubra disse...

Todo esse mistério é vazio de conteúdo, nada mais, como ficou claro na abordagem de Tati Bernardi.

Gostei de ler e vi muitas mulheres conhecidas, enquanto o fazia.

Beijo

* Verinha * disse...

Interessante texto.. mas não sei.. creio que não seja assim tão 08 e nem 80 rsrsrs..
Beijocas super em seu coração Lena e obrigada pela sua visita carinhosa!

Verinha

Ma Ferreira disse...

Lena, .Acredito que uma mulher misteriosa chame mais atenção de uma mulher do que do homem.
Eu adoro reparar em mulheres. Admiro ver uma mulher que tem estilo, que tem charme, nem precisa se bonita.
Eu tenho o meu jeito. Sou animada, gosto de conversar, ter amigos, de sair....
Analisando por outro lá. talvez esta "fachada" de mulher misteriosa seja porque ela é insegura.. E queira passar uma imagem diferente do ela é.
Com este comportamente ela se protege.
Talvez.... mas na proxima Lena..poste um texto sobre Homens misteriosos...não que eu goste..rs mas só pra ficar informada..rs
bjkas
Adoro vc. Vc ja é minha amiga.
Mj

MARILENE disse...

Existem dois tipos de mulheres misteriosas. As que nada têm a dizer, que não se mostram, que aspiram deixar esse rasto em sua passagem. Eu as tenho como tolas e insignificantes, já que viver é estar presente e não se esconder.

Mas há um outro tipo. A mulher que se abstém de falar bobagens, que sabe manter sua privacidade, que não se expõe em demasia porque alguns assuntos não são para ser ditos a todos, mas só a quem os pode discutir; que permanece em silêncio não para gerar mistério mas porque a oportunidde exige.

Importante é distinguí-las, e isso vale também para os homens.

Bjs querida!!! Bom retorno!

♥♥♥Ani♥♥♥ - Cristal disse...

Oi Lena querida,


Adorei.
Acho que nem se eu quisesse muito,(coisa que eu não quero) não conseguiria nunca ser uma mulher misteriosa...

Beijos
Ani

Mayana Bonilha disse...

Por isso vamos ser nós mesmas, algumas mudanças são válidas, porque podemos sempre ser melhores. Mas não há necessidade de sermos alguém inatingível e praticamente sem vida!
O que importa é ser feliz e correta!

beijinhus, Mayana

baonilha.blogspot.com

mfc disse...

Mas porquê entre 25 e 38 anos ??!!
A mulher que sabe ser misteriosa e atraente... é-o pela vida fora... bem mais que esse curto período!

Wanderley Elian Lima disse...

Excelente texto. Mas num aspecto elas têm razão: quando não se tem nada de interessante para falar, o melhor mesmo é ficar calado.
Bjux

Denise disse...

Valéria, tem selinho para vc em meu blog.
Não tenho a menor vocação para mulher misteriosa. Onde moro, nunca vi uma, pq aqui todos conversam muito, até com quem não se conhece. É só começar a comentar do tempo e pronto, o papo começa.
Eu gosto muito de viver assim.
Muita paz!

Meire disse...

Lena, vc não existe! Ou melhor, para minha alegria EXISTE! Vc tem enfeitado minha vida de uma maneira tão delicada e bonita. Tu me deixou tri emocionada!! Me deu vontade de olhar nos seus olhos e dizer MUITO OBRIGADA! No dia em que eu tiver a chance de te conhecer pessoalmente eu digo, juro que digo!! Só quem tem olhos lindos pode ver alguém da maneira que me vê. Vc é incrível, e eu digo de coração: Amo vc!!! Sabe, para chegar nessa leveza que sinto hj sofri um bocado, carreguei pesos demais nas costas, mas hj só leveza, por isso que Deus me manda pessoas tão lindas como vc, porque vc só pode ser um presente Dele.
Tem uma música que traduz bem o que to passando na minha vida agora num sei se vc conhece : http://migre.me/4D1Cp
Ahhh, vc está quaaaaase nos 500 seguidores, quando chegar lá me aguarde!!!! Que maravilha, vc viu o Paul, espero que tenha curtido muitooooooo /o/
bjo e abraço do tamanho do mundo!
Meire.

Amapola disse...

Boa noite, querida amiga Lena.

Menina... Adorei o texto, e o comentário do amigo Wanderley. Faço minhas, as palavras dele.

Mesmo sabendo que elas têm um charme, eu jamais conseguiria. Será que ser um livro aberto, é bom?

Eu estava com saudades.
Obrigada pela sua atenção e carinho.
Beijos.
Tenha uma linda semana de paz.

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Lena minha LINDA irmã,

QUE SAUDADES!!!!
Estava sumida porque além da minha mudança de residência, minha internet não chegava em casa e tive que mudar para uma operadora móvel.... mas agora está tudo OK! e estou de VOLTA!!!
Ontem postei minha mensagem no blog, e hoje estou visitando todos os meus espaços do CORAÇÃO que estava com muitas SAUDADES!!!!
E você, tudo bem?
Quando eu me mudei, você me mandou um comentário que também estava de mudança.
E sua nova casa, seu novo bairro, tudo bem? a energia é boa?
Espero que sim, pois você merece....
E também, (se por acaso não for) tenho certeza que toda a sua LUZ tem a enorme capacidade de TRANSMUTAR TUDO!!!!

Adorei seu texto!
Sabe que no começo fui lendo e fiquei pensando....acho que não sou nem um pouco misteriosa.
Pois não sou tão discreta assim....ainda mais quando tenho afinidade de pensamentos e idéias com alguém, ai sim tudo flui tão naturalmente que é assim que faço amizades sinceras.
p.s.= Mas também quando a energia não bate, minha amiga! pode vim até Cristo falar para mim o contrário.....quando não vai....não vai!!!!

Mas quando cheguei no final do texto, ai compreendi TUDO!!!

Te desejo uma semana muito abençoada minha querida amiga, adorei sua LINDA presença de LUZ no meu espaço.
Um ENORME beijo em seu coração!!!

Vera Lúcia Duarte disse...

De misteriosa eu não tenho nada. Sou um livro aberto, não me escondo.
Pode até existir mulher com certo mistério, acho interessante. Às vezes a postura de mistério pode não revelar ausência de conteúdo, mas timidez, classe, discrição.
Beijo.

Vilmar Barros de Oliveira disse...

Discordo um pouco, há mulheres misteriosas que são interessantes, bem como há mulheres interessantes que nem são tão misteriosas assim...mas o texto é delicioso.
Beijo grande!

Alê disse...

Creio que cada um tem seu quê de mistério, na sua simplicidade de ser,

Obrigada pelo carinho e pelos selos,

Uma semana de paz e de sol,

Catia Bosso disse...

humm! Adoro ser misteriosa! Que sensação de dominio! Nem é, mas faz-se parecer!
LenaLindona! Sempre aprecio estes textos e fico a pensar... Hj já me servi da carapuça toda rsrsrs

bj no dotô.... rsrsrs

www.comtextosdavida.com disse...

Olá!
Saiba que foi muito bem vinda ao meu blog. Faz tempo que não posto nada mas agora estou retornando. Gostei do texto.
bjs Lais

lenalima disse...

OLÁ!!
TEXTO INTERESSANTE...
ACHO QUE TODA MULHER POIS MAIS SIMPLES QUE SEJA DEVIA TER UM CERTO MISTÉRIO...NA DOSE CERTA É CLARO HEHEHHE!
ABRAÇOS!!!