22 de maio de 2011

Por onde anda sua humildade?




Por que é tão difícil encontrarmos pessoas que tenham a humildade em suas características? O orgulho, a vaidade, o poder, a soberania e arrogância parecem sempre se sobrepor nas relações humanas. Algumas pessoas consideram o humilde como um ser menos digno, com menos potencial, menos capaz. Quanta ignorância! E assim querem ser tudo, menos humildes. Pisam nos outros, como se estivessem lidando com seres isentos de qualquer sentimento.
Na verdade, tratam aos outros dessa maneira, pois não consideram os próprios sentimentos, pois ter sentimento pode representar ser fraco. Não respeitam nada nem ninguém, pois também não se respeitam. Apenas estendem aos outros a maneira como foram tratadas na maior parte de suas vidas, e infelizmente, como ainda se tratam. No fundo, sentem que não são merecedores de amor e assim se tornam incapazes de amar, tornando as relações com quem se envolvem como grande fonte de sofrimento.

A pessoa arrogante, orgulhosa, não conquistou a humildade, pois não sabe apreciar e valorizar a simplicidade. Tem sempre que demonstrar seu ar de superioridade, menosprezando quem está ao seu lado, pois acredita ser esse o caminho que irá garantir ser reconhecido. Desprezar o outro, o faz acreditar que é melhor, superior.

Claro que falar de humildade não torna ninguém humilde. Mas por que é tão difícil praticar a humildade? Nossa sociedade ainda e, infelizmente, associa humildade com inferioridade, fraqueza, submissão e até pobreza. Quando, na verdade, está relacionada com distinção, respeito, gentileza, sensibilidade, graciosidade, simplicidade e, principalmente, autoconhecimento! Afinal, quem tem plena consciência do seu valor pessoal não precisa se exaltar, se mostrar aos outros, nem se comparar. Não precisa gritar para que todos ouçam o quanto é melhor! Não sente necessidade de exibir sua capacidade, seu poder, prestígio ou cultura, porque tem consciência de seus valores internos. Não precisa diminuir o outro para que consiga se elevar.

As pessoas humildes realçam e valorizam as pequenas grandes conquistas do dia-a-dia em sua essência. Tratam as outras pessoas como seres dignos de respeito, pois possuem a capacidade de se colocarem no lugar do outro em seu sofrimento. E você, como se comporta perante o sofrimento de quem ama e das pessoas que sequer conhece? Como trata as pessoas que estão à sua volta? Como valiosos presentes em sua vida ou como se estivessem sempre atrapalhando? Como enfrenta as dificuldades que surgem em seu caminho? Como trata aqueles que por vezes o machucam? Com humildade, serenidade, confiando em sua capacidade de superar e aprendendo com cada uma dessas pessoas ou julgando-as e condenando-as? Por que, por vezes, se torna tão complicado ser flexível diante de alguns acontecimentos? Por que tendemos agir por impulsividade, sem pensar e sem analisarmos as próprias atitudes, como se só o outro fosse errado? Por sermos superiores? Sermos o certo? Quem nos garante que agimos da melhor maneira? Será que somos honestos com o outro como gostaríamos que fossem conosco? Creio que seja preciso um tempo para refletir sobre essas questões e conseguir responder essas perguntas. Afinal, ninguém é superior a ninguém, apenas podemos, sim, estar em momentos ou estágios diferentes, apenas isso.

Pode ser valioso também aprofundar essa análise em sua infância. Conviveu com pessoas arrogantes, orgulhosas? A criança que convive com o preconceito, incompreensão, críticas excessivas, pais inseguros, inflexíveis, excessivamente exigentes, dominadores, pode ter dificuldade quando adulto de desenvolver a humildade, pois para ser aprovada era necessário muitas vezes ser igual, experimentando sempre uma sensação de carência. Assim, se tornam pessoas orgulhosas, não de quem são, mas de quem acreditam ser.
O orgulho, arrogância, em geral, faz parte de pessoas com pouco autoconhecimento, por não se conhecerem precisam passar uma imagem de pessoas seguras, exatamente ao contrário do que verdadeiramente sentem. Pisam nos outros como sentem que foram pisadas durante parte de sua vida. Estão sempre buscando corresponder às expectativas dos outros para serem aceitas, ignorando os próprios sentimentos e quem são na verdade. Isso pode gerar um sentimento crônico de insatisfação, buscando sempre ser admirada de alguma maneira. Acredita que o externo, com seus aplausos e reconhecimento, através de sua vaidade extrema e pela busca de status, poderão compensar a falta de contato com seu mundo interior, que na verdade, sequer conhece. Com isso, busca transmitir uma imagem idealizada de ser extremamente importante, não importando os meios pelo qual irá atingir essa imagem.
Mas será que vale mesmo a pena ser orgulhoso, arrogante? Será que vale perder um amor por orgulho? Vale perder uma amizade? É mais importante manter sua imagem do que ser humilde o suficiente para admitir seu erro e pedir desculpas? Por que não ser mais amoroso consigo mesmo e aos poucos perceber a riqueza de existe dentro de si? Por que não mudar a maneira de tratar a si mesmo e estender aos outros? Por que não perceber que o aplauso mais significativo com certeza sempre será o seu?
Pense sobre isso, acima de tudo com muita, muita humildade!

Rosemeire Zago 

28 comentários:

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

bom dia Lena tenha um domingo especial,digo que a simplicidade e a humildade andam juntas!

AC disse...

Humildade, qualidade preciosa e tão rara...

Beijo :)

Mara Melinni disse...

Bom dia, Lena!

Excelente postagem! Sabe, a força da humildade é tão divina... Mas, infelizmente, existe entre as pessoas - sobretudo nos ambientes de trabalho - uma barreira que as impede de praticá-la por medo de que "ter sentimento pode representar ser fraco".

Enquanto a única barreira que existe é a cegueira e a fraqueza de quem pensa assim.

Ótimo domingo e até breve!

Bjs, minha adorável amiga!

нєllєи Cαяoliиє disse...

Lena,
Pessoas humildes,ganham mais para a alma e para a vida!
vivemos sob o mesmo teto,temos o mesmo pai divino,o que nos diferencia são os nomes e identidades,mas somos todos iguais,já dizia a bíblia:
O galardão da humildade e do temor do Senhor é riquezas, e honra e vida.
Provérbios 22:4
Um beijo pra ti!

Đeh Olliveira ♪ disse...

O passado nao se pode alterar e o futuro pode nem acontecer.. Por isso ah que viver o presente BEM, com as pessoas que mais gostamos!

Boa semana^^

Doce Beijo.

Alê disse...

Nesse mundo onde ter é mais importante que ser,

Quem sorri, quem é gentil, quem é humano, assusta, porque antes de mais nada, é autêntico,

* Verinha * disse...

Essa é uma das virtudes, que nos dias atuais, anda em falta!.. Bem colocado Lena!!

Uma super beijoca em seu coração..
Verinha

mfc disse...

Nada melhor que este texto na sequência do anterior. Aumentar o ego e ser humilde nada tem de incompatível!
Gostarmos de nós é um dever interno... ser humilde um dever externo!

Ma Ferreira disse...

Querida..Adorei o tema.
Aliás gosto de todos os temas que vc posta.
Depois que eu coloquei um pouco de espiritualidade em meu ser, comecei a ver a vida de modo diferente a me entender melhor..e melhor que isso tentar entender as pessoas.
Confesso que é um exercicio diário.
Eu frequento o Brahma Kumaris. Não frequentadora assidua, mas fiz alguns cursos lá e os ensinamentes ficaram enraigados em meu ser. Me deram explicações para assuntos que eu não tinha.
O mais importante das lições que aprendi lá é que sou uma alma que habita um corpo. Não quero aqui falar de religião, nem pregar nada..é mais pra que vc compreenda o meu racicocinio.
E o mais importante desta descoberta..é que o meu irmão..também é.
Ele é igual a mim, filho do mesmo pai. DEus.
Nascemos puros. Todos temos as qualidades do bem.
Só que com as experiencias que passamos durante a vida, conforme bem colocadas em seu texto, adquirimos cascas.
Vc é a soma de coisas que passou durante toda sua existencia.
Mas a sua excencia é boa.
As vezes não queremos nos conhecer. Pq nos olhar as vezes nos remete a dor.
A culpa.
Eu sempre digo, mais facil perdoar o
outro do que a nós mesmo.
Temos que nos perdoar. Tirar sentimentos de culpa. Se em tal momento agimos de tal maneira, era a maneira que sabiamos.
Podemos praticar certas atitudes e mudar..se realmente queremos.
Exige um certo esforço., mas garante que vale a pena:
Por exempo:
Dar o que mais preciso. Preciso de compreensão? Vou ser compreensiva. Preciso de carinho, serei mais carinhosa.As vezes a arrogancia e a falta de humildade serve para aproteção da pessoa. Erroneamente é claro.
..Bom poderia continuar muito mais...mas eu prego o silenciar..mas na hora que começo a escrever...
Um beiojo minha querida..
Obrigada em compartilhar tantas coisas boas!!
Um beijo..
Ma Ferreira

Ma Ferreira disse...

teste

Meire disse...

Lena, minha querida, para pessoa que não tem humildade nada está bom, ela quer sempre mais e mais coisas que ao meu ver tentam suprir uma carência sem fim. Humildade é o último grito da moda, orgulho e arrogância não nos levam a lugar nenhum e ainda nos faz perder pessoas especiais. Admitir que erramos num é fácil, mas é tarefa para os fortes!

Que seu domingo seja lindíssimo. Te amo! bjo grande com muito carinho.

Claúdia Luz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabiola disse...

Olá Lena !
A humildade é nossa oportunidade de estabelecer a corrente do bem ! Um abraço, com carinho, Fabiola.

Calu disse...

Linda Lena,
cada parágrafo desse precioso texto daria mútiplas conversas, todas frutos importantes do tema central;tão erroneamente interpretado através de séculos de conduta metamorfoseada em distinção.
Máscaras sociais se encarregaram de transmitir de geração em geração o conceito errado da humildade, relacionando-o com fraqueza e submissão.
È preciso sim , que voltemos muitas e muitas vezes ao tema expandindo sua rela essência e colocando as pessoas para olharem-se com mais atenção, construindo-se e reconstruindo-se a cada dia.
Estou contigo nessa cruzada.
Bom final de domingo.
Mil bjinhos,
Calu

manuel marques disse...

"O orgulho divide os homens, a humildade une-os."

Beijo meu.

Sobre o Tempo disse...

"Pensamos demasiadamente, sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas. Mais de bondade e ternura que de inteligência.
Sem isso,a vida se tornará violenta e
tudo se perderá." (Charles Chaplin)

Sobre o Tempo disse...

Olá Lena, como vai? Ótima semana pra vc! Bjs

Sandra Botelho disse...

As pessoas confundem humildade com fraqueza. Não percebem que para ser humilde é necessário ser forte.
beijos achocolatados

Sobre o Tempo disse...

Lena, tem selo pra vc no meu blog. Bjs

Meire disse...

Lena, aff aff aff não aguentei e vim declarar: vc tá fazendo falta por aqui!rsrs
bj :)

Maria Alice Cerqueira disse...

Lindo texto!
A humildade é quem nos leva a paz e alegria do coração. A Humildade nos ajuda a enriquecer o nosso ser, nos ajuda a nos tornar seres melhores.
tenha uma linda semana
Maria Alice

Maria Alice Cerqueira disse...

Bom Dia, Obrigada por sua visita ao meu cantinho. Seja sempre muito bem vinda
Abraço Fraterno
Maria Alice

mentoresdeluz.blogspot.com disse...

LINDA SUA POST LENA QUERIDA
É BEM VERDADE AMIGA QUE OS SENTIMENTOS CONTRARIOS AO BEM
INSISTEM EM SE SOBRESAIR,MAS COM
PERSISTENCIA,PODEMOS NOS EDUCAR A NÓS MESMOS,TRAZENDO COISAS BOAS ,AO MUNDO
COMO AMOR SOLIDARIEDADE,HUMILDADE
PERDÃO E FÉ,PARABENS POE ESTE TEXTO TÃO LINDO,DESEJO UMA LINDA SEMANA
BJS MARLENE

Wanderley Elian Lima disse...

Ser humilde não significa ser submisso. Ser humilde e reconhecer seus próprios erros e não se julgar o dono da verdade.
Bjux

Ingrid disse...

ter humildade para ser humilde.. quanta caminhada..
beijos Lena e boa semana..

C. disse...

Achei maravilhosa a foto que usou para ilustrar a humildade :-)

Miga, a pessoa mais humilde que conheci foi minha mae, era desprovida do completo orgulho,e um legado difícil de seguir...

Beijos, tô com saudade das suas palavras, visse.

Tatiana Kielberman disse...

Lena,

A Rosemeire foi minha terapeuta por um tempo, é um amor de pessoa!

Belo texto!!

Beijo grande!

josenaide coelho disse...

Eu sou todo humildade..