31 de outubro de 2011

Perdoe!




Suponhamos que você tenha queimado o braço há um ano atrás. Foi uma experiência bastante dolorosa. Pergunte a si mesmo se a dor ainda existe. Com certeza você não sente mais nada; lembra do fato, mas não sente mais a dor. Por que não podemos agir assim com os outros e com nós mesmos?

Brigas e mágoas são sentimentos ruins tanto para quem os sofre, quanto para quem os provocou. Mesmo depois de algum tempo, ao se lembrar do que aconteceu você percebe que as emoções estão a flor da pele: que o ódio, a raiva, o ressentimento e a dor ainda estão muito vivos. Nesses momentos, bate uma vontade de vingança, um desejo de que a outra pessoa vivencie tudo que você passou ou está passando. É quando você pensa: "Ela me roubou a saúde, o dinheiro e a alegria de viver".

Esses sentimentos negativos têm potencial para causar grandes destruições. Eles estão por trás da maioria das doenças, nos envenenando aos poucos e nos tornando uma pessoa triste, injustiçada e com raiva de tudo e todos. Devemos nos conscientizar que não são as pessoas ou circunstâncias externas a nós que provocam nossos conflitos e mágoas, mas sim nossos próprios sentimentos e atitudes sobre as pessoas e os acontecimentos ao nosso redor.

Poderíamos fazer igual a situação da queimadura: aconteceu, foi ruim, mas já passou. Muitas vezes sabemos exatamente porque sofremos, e mesmo tendo a consciência racional do sofrimento não conseguimos nos livrar dele. Nem sempre é fácil dar o perdão a quem nos magoou ou traiu, mas só assim conseguiremos nos livrar das emoções negativas que envenenam o nosso coração.

O perdão é um processo de abandonar o vínculo com o passado, conseguindo assim seguir em frente. Quando liberamos nossas dores, nós não ficamos mais ligados ao passado, e sim, livres para experimentar a felicidade verdadeira e a paz interior. Nós próprios somos os curadores divinos, é só respeitar as crenças de cada um e perdoar a si mesmo. Com isso, você recebe tudo.

Há três anos resolvi usar as regressões de idade para o tratamento do perdão. Perdoar é um poder que todos nós temos, mas durante esses anos eu percebi que mesmo sabendo disso as pessoas enfrentam muitas dificuldades. A partir disso, criei uma abordagem terapêutica que faz com que a pessoa limpe todos os fatos negativos, mesmo aqueles que não temos consciência, mas que são responsáveis pelo nosso modo de ser e agir.

Eu mesma usei esse tratamento e vi as situações mais difíceis, que pareciam impossíveis, simplesmente se desfazendo, dando lugar a várias oportunidades para mim e para minha família. Aprendi que não basta ser perdoado ou perdoar, é preciso se perdoar primeiro. Quando nada mais tiver jeito, pode ter certeza, o perdão resolve tudo.




Myriam Durante




22 comentários:

Meire disse...

Ai Madeirinha, deixa eu fazer isso antes que eu me esqueça: Feliz dia das bruxas...afinal a gente bem que é um pouco, tem ficar fazendo feitiços em alguns ângulos da vida, e nossa magia está no coração, e o seu é um dos mais lindos que conheço, cheinho de amor!!! Minha sweet witchstar :)

About o texto: ótimo para o início da semana. Toda a situação deve ser analisada, pensada e repensada. Mágoa alguma deve ficar, só que não devemos forçar barra, penso eu. Quando alguém nos magoa e não queremos mais a pessoa em nossa vida com o tempo a mágoa vai sumindo, passa pelas fases da tristeza, da raiva e se esvai. E no caso de alguém que amamos nos magoar, o amor tem que ser maior do que qualquer mágoa, do contrário num é amor.
Mágoa é um sentimento que só corrói o coração, só faz mal para quem a conserva, por isso tbm por pior que seja a situação devemos tomar cuidado com o tempo que a guardamos no peito, pois seu mal é incalculável.

Lenita lindona, bjokitas recheadas de muiiito amor na sua bochecha! :)

Célia disse...

Trabalhar o perdão em nossa intimidade - primeiro em nós - para depois, o vós! Difícil missão. Mas, poderosíssima! Alivia e faz-nos ver com outros olhos a vida e os acontecimentos todos!
Abraço, Célia.

Aclim disse...

O tempo e muita oração é o único remédio.

Abraço

Imac by Artes disse...

Lena querida!
Amei ler sua postagem.
Perdoar não é fácil,mas é algo divino. Quando perdoamos, a vida fica mais leve,mais amorosa, mais feliz e harmonizada.
Abraços! Uma semana abençoada e repleta do amor de Deus.

QUIM disse...

Porque será?quando descobrir me avisa querida..rs..super beijo ..te adoro.

An@ disse...

Como é difícil para o ser humano perdoar!!! É verdade sim!

É difícil aceitar algumas situações que nos magoaram!

O perdão é sem dúvida em primeiro lugar para nos curar a nós mesmo!

A raiva e ódio vai nos destruindo por dentro.

Gostei muito do post

Feliz Halloween

Ingrid disse...

belo post Lena..
eu graças à Deus não guardo nada..
e mesmo assim estou mais gordinha ... rsrsrsrs...(brincadeirinha)..
a vida já é tão curta né?
vamos viver leves..
beijos amada..

Alê disse...

Difícil perdoar,

Complicado perdoar a si mesmo,


Mas não há perdão que não renove, e deixe a gente mais leve,


bjka

Fatima disse...

Perdão é um grande remédio.
Bjs.

Liberdade. disse...

boa tarde!

Lena,
infelizmente sou do tipo que guardo
tanto o bem e o mal que a mim foi feito,tenho uma enorme dificuldade de perdoar,pois geralmente a quem não perdei foram pessoas que enfiaram um punhal no meu coração lentamente e com grande sorriso nos lábios.(não que justifique ) porem ~eu não tenho esse espirito elevado mas admiro muito as pessoas que conseguem perdoar.
um abraço e belo poster!

Verinha disse...

Com certeza perdoar é divino.. e o fato de fazê-lo só trará benefícios a nós mesmos e é claro não afetará a nossa saúde.. porém, é um ato que nem sempre conseguimos colocar em prática.. muitos sabem falar da boca para fora que perdoa.. mas são raríssimas as pessoas que o fazem de coração.. ahhh para o verdadeiro perdão, acredito que ainda precisamos de muita evolução espiritual.. não é tão simples qto parece :)

Beijokinhas super em seu coração Lena!

Verinha

ValeriaC disse...

Oi Leninha...que texto fantástico...pode dar trabalho perdoar, mas com certeza é libertador em todos os sentidos...
Minha querida, tenha uma semana de alegrias...beijinhos...
Valéria

ॐ Shirley ॐ disse...

Lena, o bom mesmo é esquecer, nem ligar, dar de ombros para as coisas ruins do passado...Um abraço de luz!

AdolfO ReltiH disse...

CON TODO RESPETO, PERO A MI ME GUSTAN MÁS LAS DISCULPAS. PORQUE SOY MORTAL.
UN ABRAZO

manuel marques disse...

"Aquele que não consegue perdoar aos outros, destrói a ponte por onde irá passar."

Beijo meu.

mfc disse...

Vou mastigar bem este post...

♫*Isa Mar disse...

Oi Lena, um excelente texto, e aos poucos vou percebendo que quando não guardamos mágoa e não criamos expectativas em relação aos outros não precisamos perdoar, tudo fica mais leve.
Todos somos falíveis e aceitar isso nos outros e em nós nos tira um grande peso e nossa vida passa a ser mais harmoniosa.
uma excelente semana pra ti, bjs

Toninhobira disse...

Ás vezes pensamos que perdoar é algo impossivel,diante de uma situação e assim nutrimos esta coisa por anos a fio.Com muita reflexão/exercicios é que vamos dominar esta fera e assim plantar mais uma flor em nosso coração e dar um passo pela paz na sociedade.
Meu abraço amiga.
Bela semana com paz a voces.
Bju.

。♥ Smareis ♥。 disse...

Ótimo texto Lena. Perdoar e divino, e a gente se sente tão bem quando abrimos o coração e tiramos as mágoas que la se encontra perdoando do fundo da alma. Com certeza o perdão resolve muitas coisas, eu também acredito. Aquele que não pode perdoar destrói a ponte sobre a qual ele mesmo deve passar (Geoge Herbert). Beijos querida e ótima semana.

Vera Lúcia disse...

Olá Lena,
O perdão é verdadeiramente libertador.
Mágoas e ressentimentos apenas corroem nossa alma e atrasam nosso
crescimento, além de nos trazer males físicos e psíquicos.
O perdão de coração lava a alma, proporcionando leveza e paz.
Beijos.

cidinha disse...

Olá Lena. Belo texto e reflexção! O perdão é essencial na nossa vida e o mais difícil de trabalhar com ele. Más nos cura de muitos males. È importante nos perdoar e perdoar o próximo. Assim teremos paz! Bjos ótima semana.

Sandra Portugal disse...

Amiga querida, me perdoar e perdoar quem me magoa é sempre um exercício muito difícil para mim!
Não sou vingativa.
Mas sou perfeccionista e dedicada, fico sensibilizada quando não recebo das pessoas o que semeei, sabe a tal lei da reciprocidade...
E como hj ninguém se importa com o dar e receber, ninguém é gentil, ou melhor ninguém não, muitas pessoas...
E para essas pessoas que não tem respeito, consideração, não doam afeto, são egoístas, como é difícil para mim perdoar! Juro, é o que mais rezo e peço perdão, por não conseguir perdoar fácil!
Excelente texto!
bj
Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//