3 de outubro de 2011

À procura da felicidade






O ideal de felicidade pode ser bem relativo. Saúde, dinheiro, tempo livre, bons amigos, uma vida simples, experiências mais sofisticadas. Há quem fique tranquilo ao ler um livro, quem se satisfaça com as contas pagas. Há, também, quem espera a boa oportunidade, seja ela qual for. Existem maneiras de encurtar o caminho? Alcançar a felicidade pode ser mais simples do que muita gente imagina. Quando abrirmos mão de algumas de nossas crenças, de alguns mapas e formas de viver perceberemos o quão mais tranquila e prazerosa a vida pode se tornar.

Partindo dessa premissa, seguem sugestões sobre o que pode fazer você, nós e o resto do mundo, mais feliz.

Viva com alegria

É o “fim” quando falamos de felicidade, porém é um “‘meio” também. Através dela podemos ir modificando o nosso padrão de emoções. Com treinamento cognitivo a vida pode repentinamente ficar mais leve e simples. A ideia é ir alterando o padrão de tristeza e pensamentos negativos e pessimistas sobre a vida e o futuro para maneiras mais alegres, divertidas e positivas.

Mantenha bons relacionamentos

Aproxime-se de pessoas através de sua forma de conduzir a vida. Não apenas os relacionamentos com amigos, mas também com a família, que tem uma importância ímpar. Por isso, vá retirando os véus dos segredos e experimente ser direto, respeitoso e carinhoso, mesmo em situações difíceis. A vida amorosa e profissional tem um papel importante para o equilíbrio e a felicidade, assim como um bom relacionamento consigo mesmo, isso mesmo, atenção, cuidado e carinho contigo, se cuide e proteja-se.

Mantenha o bom humor

Muitas pessoas se perguntam como podem manter-se serenos ou bem humorados diante de situações provocadoras, tristes ou extremas. A resposta não é complexa, mas, requer um pouco de treinamento e carinho, como a maioria das coisas novas e difíceis que nos lançamos a fazer. O segredo aqui é manter-se centrado, buscar ajuda, apoio e expressar suas emoções.

Adapte-se

Na busca pela felicidade é indispensável se adaptar a novos contextos, para viver “apesar de” em diversos momentos. Por exemplo, diante de uma perda por morte de uma pessoa querida ou saída dos filhos de casa para alguns. Perceba, você pode lidar através de apoio, respeito contigo e com o seu tempo de elaboração do seu medo, seja assimilando novas formas de conduzir o cotidiano ou acomodando estratégias antigas.

Não se culpe

Este tópico está presente aqui para te lembrar de reduzir a culpa e aumentar o seu grau de responsabilidade sobre suas decisões. Para quem considera que entende a diferença ainda assim vale uma reflexão, para que tenha tranquilidade em lidar com a adversidade, sem procurar culpados ou vilões, resolvendo e protegendo a si e a quem você ama. Perceba que se trata de cuidar da saúde do corpo, da mente e do bolso também.

Esqueça as mágoas

É comum encontrar pessoas que dizem que têm dificuldade em perdoar e se tranquilizar com relação a uma pessoa que lhe feriu. Na maior parte do tempo, quem sofre com mágoa e ressentimento é a pessoa que cultiva em si estes sentimentos, e não o vilão da historia. Vale lembrar que somos todos atores de nossa história por mais que desejemos apontar o dedo e culpar o outro. Lembra-se da redução de culpa e a falta de sentido em procurar culpados? Se mesmo assim você ainda está pensando numa situação que não tem “por que” pensar de maneira diferente, relaxe e pense qual é a sua responsabilidade daqui para frente consigo e de que forma esta situação afeta seu humor e seus relacionamentos.

Invista tempo, energia e dinheiro para se conhecer melhor


Aproveite a capacidade do ser humano de se rever e ser mais feliz, para se conhecer melhor e diminuir as áreas das quais não percebe sobre você mesmo. Seja com a ajuda de um profissional, ou através de conversas com pessoas queridas, um livro, na internet, dentre muitas outras formas.

Brinde suas conquistas

Comemore, brinque, pule, dance. Este é um treino básico e fundamental de ampliar o prazer com a vida. Algumas pessoas que recebem benefícios como pensão, se queixam comigo da dificuldade em se desvencilhar da culpa e utilizar o dinheiro de uma fonte, como a de um ente querido que faleceu. Utilize parte do valor ou todo, para se divertir, viajar, comprar um bem de consumo ou qualquer outro desejo que venha a ter.

Organize-se

Muitas vezes o nosso mundo interno se reflete no mundo externo e vice e versa. O crucial da organização é reduzir o tempo de queixa e críticas, para aumentar a responsabilidade com seu prazer e bem estar. A limpeza ajuda muito a renovação da energia vital, tal qual a água da chuva faz crescer plantações.

Descomplique

Esqueça alguns dos “dramas” e facilite a resolução de situações para você e para os outros. Se tiver dificuldade em fazer algo que deseja, vá lá e faça, se estiver difícil procure apoio dos outros e seu mesmo. Treine dizer: Eu consigo; Eu posso, e; Eu mereço... Essas frases simples fazem toda a diferença para reduzir os medos, as inquietações para realizar e conquistar algo, se não ajudar muito, utilize as frase para a sensação esquisita que sente ao fazer este treino. Como exemplo, se ao pensar em algo que deseja e usar as frases você pensou: “Você é um bobo demais para acreditar nisso”, experimente dizer: “Eu mereço me sentir bem e confortável conquistando o que eu desejo”.



Da redação do mais50


20 comentários:

Ingrid disse...

minha linda amiga!
saudades ..
a felicidade está sempre dentro de nós..
beijos de carinho...

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Adorei as sugestões! Às vezes é tão simples ser feliz, nós é que tendemos a complicar! Bjs

acácia rubra disse...

O difícil é pôr em prática algumas das sugestões.

Mas obrigada pelas dicas.

Beijo

Shuzy disse...

Dicas preciosas!

=*)

Célia disse...

Somente na serenidade é que encontramos a sabedoria da vida. O sabor de saber viver é prazeroso demais que contagia quem de nós se aproxima. Parabéns pelo texto.
Abraço, Célia.

Bloguinho da Zizi disse...

Lena
Aprendi uma frase que é fantástica:

Todos estão sempre dispostos a me ajudar.

A princípio dá a impressão de que somos carentes e que precisamos de ajuda, mas se formos a fundo veremos que, todos precisamos uns dos outros.
A roupa que vestimos, o pão que comemos, o sapato que calçamos,o telefone que usamos, enfim....
Quando nos permitimos ser ajudados, também desencadeamos a ajuda e então de alguma maneira a felicidade se espalha.

Beijinhos

Sonhadora disse...

Minha querida

normalmente passo em silêncio,mas hoje tomei a liberdade de comentar.
Um texto muito profundo, aliás como todos os que costumo ler aqui.
mas a felicidade é feita de momentos...pequenos momentos, que nos cabe a nós fazer eternos.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

QUIM disse...

Um show...amei ...e concordo com tudo...Saudades daqui fazia-me falat ..bj querida ..boa noite.

Amor e outros delírios disse...

Gostei! A gente tem de viver relembrando a si mesmo da importância de descomplicar a si mesmo e as coisas. Viver mais leve, desprendido, não levar a vida tão a sério, brincar, sorrir mais, dar risada dos próprios erros, não exigir de si mesmo, com tanta impaciência e intolerância, a perfeição.
SEJAMOS FELIZES ENTÃO!
Beijos, querida!
Uma ótima semana.
Marie
amoreoutrosdelirios.blogspot.com

Meire disse...

Linda amiga, essa menininha fazendo biquinho de peixe ali na lateral está uma graça rsrs Eu não sei fazer isso, tenho que segurar as bochechas com a mão senão o bico não fica quieto. (informação totalmente desnecessária essa rsrs) Ficou lindo as criancitas por cá :)
E está aí uma das coisas que alegra qualquer um: crianças! Mas a verdade é que a felicidade mora dentro de nós, e algumas vezes cometemos o erro em buscá-la fora. Mas só quem consegue encontrar dentro de si a felicidade, consegue ver nas pequenas coisas alegrias gigantescas.
Estrelinda, vc voltou bombando nas paradas de sucesso!!! Fica com Deus e se cuida sempre! bjokitas estaladas em cada bochecha.

Luciana Mira disse...

Boa noite!

Vim aqui hoje pra dizer que meu blog mudou. Tive que fazer uma outra conta porque a minha antiga deu problemas com invasão de vírus. Aconteceu comigo e vários outros blogs.

Entao venho te convidar a seguir meu novo cantinho, o www.queiratocaroceu.blogspot.com

Estarei colocando posts do outro e mais novos também. Fiz também uma página do meu blog no Facebook,caso vocÊ tenha Facebook, você além de seguir meu blog, pode também curtir a página na caixinha do lado direito do blog.

Bom, é isso. Vou ficar super contente em te ver meu novo cantinho, então, não deixa de passar lá, ta?!

Beijos e boa semana!

Luciana Mira

Mara Melinni disse...

Lena...!!!

Que bom te ver aqui de novo...!
Li o texto como uma lição, tenho que me policiar, acalmar o coração e perceber que a minha felicidade está ao meu lado.

Saudades! Bem-vinda novamente...

Bjo e fique com Deus!!

cidinha disse...

Olá, Lena. Bela reflexção! Não é fácil, más temos que tentar mudar nossas atitudes. Procurar ser feliz , pois a felicidade está dentro de nós! È preciso ter sabedoria e dicernimento. Bjos com carinho!!!

Rô... disse...

oi Lena querida,

a felicidade é uma deliciosa
sensação de bem estar,
que tem que vir de dentro pra fora,
ela mora aqui dentro e com coisas simples ela vai se revelando,
pequenos gestos,
pequenas gentilezas,
nos fazem felizes,
lindo texto...
para ler,
refletir e ir de encontro a felicidade!

beijinhos

AquilesMarchel disse...

vou sumir um tempo do blog

la eu expliquei

me falta essa alegria bjus

JAN disse...

OI, LENA
FELICIDADE É UM SORVETE DE VÁRIAS CORES E VÁRIOS SABORES;-)

JAN

Elisa T. Campos disse...

Lena
É como disse a Cidinha
A felicidade está dentro de nós.
É feita de pequeninas coisas que vivenciamos no aqui agora.
Ontem já foi, amanhã não sabemos, mas
hoje é sempre o momento para curtir
a felicidade.

bjs

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Alcançar a felicidade pode ser mais simples do que muita gente imagina
Belíssimo e verdadeiro...
Bjm de paz e ótima semana

Severa Cabral(escritora) disse...

Meu docinho de côco !
Ainda não estou acreditando que vc voltou...não tenho te visto por onde passo ai fiquei sem te achar...ou melhor nem te procurei...mas agora que te achei,me aguente que não te soltarei mesmo.Vc sabe que te admiro por tudo...amiga querida vc é...
bjs meu docinho!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Não existe a felicidade! Seria uma transpiração de varias emoções que faz o ser exalador passar bem! O ato de tentar construir um modelo de como viver seria de seguir mandamentos, mas nem perto chegaria a felicidade e sim a paz! Vejamos a Bíblia Sagrada!