1 de outubro de 2011

Aprenda a se amar!



Você já reparou que por vezes queremos abraçar o mundo, quando na verdade não conseguimos abraçar a nós mesmos? Qual foi a última vez que você se abraçou? Queremos cuidar de todos, enquanto não conseguimos, ou não sabemos, cuidar de nós e nem daqueles que amamos.

Quando não recebemos amor e atenção de nossos pais da forma que desejávamos na infância, passamos a vida em busca deste amor em forma de reconhecimento e aprovação. Esperamos sempre, consciente ou inconscientemente, que alguém reconheça nosso valor e, quando não acontece, perdemos nosso referencial interno e também nossa auto-estima. Esperamos aprovação pelo que fazemos e, acima de tudo, pelo que somos e realizamos. E por não sermos reconhecidos, principalmente por pessoas significativas, deixamos de acreditar em nossa capacidade. Assim, passamos a buscar amor sempre no outro, e nunca dentro de nós. Esquecemos o quanto é essencial aprendermos a nos amar. Em alguns momentos, perdemos nosso amor-próprio e com ele nossa confiança, por isso a opinião dos outros se torna tão importante.Quantas vezes você disse que se ama? Nunca? Pode ser! Mas sempre é tempo para começar.

Do mesmo modo que nosso físico precisa de água e comida, nossas emoções também precisam ser alimentadas. Mas estamos sempre esperando que o outro nos ame, nos abrace, que reconheça nosso valor, demonstre o quanto somos importantes, pois não nos sentimos capazes. Por que não nos amamos? Não nos aprovamos? Não nos sentimos importantes? Já pensou que se não nutrirmos estes sentimentos por nós mesmos, como podemos esperar que alguém o faça, e ainda mais, que faça melhor que nós? Por que desprezamos tanto nossa capacidade? Já pensou sobre isso?

É preciso aprender a identificar cada sentimento, sabendo o que sente e depois respeitar estes mesmos sentimentos e não desprezá-los. Não nos respeitamos e depois reclamamos que os outros não nos respeitam. Quantas vezes você sentiu algo e ignorou este sentimento para você mesmo? Geralmente isto acontece porque durante a vida, as pessoas tidas como significativas, ignoraram suas reais necessidades emocionais e com o tempo você aprendeu a fazer o mesmo. Por que desprezaram sua dor, você vai fazer igual? Pare com esse círculo vicioso. Olhe para dentro de você. Não como quem olha no espelho, superficialmente e tentando encontrar algum defeito, e porque até neste momento a imagem refletida é invertida. Olhe de verdade para dentro de seu ser, de sua alma. Deixe o medo de lado, pois ele não permite que você cresça. Enfrente-o e acredite que irá descobrir muitas qualidades que talvez ninguém reconheça, mas que há dentro de você. E se encontrar defeitos, quem não os têm? Olhe para eles com carinho, para mudar cada um, se quiser.

Transforme este momento no que podemos chamar verdadeiramente de crescimento, evolução. Liberte-se das necessidades não supridas de amor, aprovação, reconhecimento e saiba que só você pode se aprovar. Aprenda a se abraçar, se respeitar, se aceitar, se amar. Dê a si mesmo todo o amor que espera receber de alguém, pois só assim você poderá realmente ser amado e amar. Liberte-se das culpas, perdoe e perdoe-se! Liberte-se também das mágoas e dos ressentimentos do passado que só aprisionam e machucam tanto.

Agora, com as mãos livres, faça o seguinte exercício: coloque sua mão direita sobre seu braço esquerdo e sua mão esquerda sobre seu braço direito. Pronto! Você está aprendendo a se abraçar. Abrace-se com carinho, fale do quanto você é capaz, do quanto você pode conquistar com seus próprios méritos. Fale do quanto acredita em você e, principalmente, do quanto você se ama. Fale que a partir de agora, só você mesmo pode aprovar ou não o que faz. Se ninguém o ama, você se ama. Se ninguém vibra com suas conquistas, você mais do que ninguém passará a valorizar e a celebrar cada uma delas.

Não espere mais que o outro venha salvá-lo, venha aprová-lo e reconhecer tudo de bom que você faz. Pare de colocar sua vida e seus sentimentos, que é tudo que você tem de mais valioso, nas mãos de alguém. É claro que você pode dividir tudo isso com alguém que seja muito especial e que o ame muito, do contrário, guarde tudo só para você.

Agora olhe para dentro de você, sem medo, para que possa se descobrir. Perceba sua essência, deixe brilhar sua luz, pois só assim encontrará paz e poderá valorizar sua maior dádiva: sua vida neste momento presente! Afinal, o passado já se foi... e o amanhã, ah, o amanhã! Quem saberá? Por isso, a hora de começar é agora, faça seu melhor já! Comece irradiando amor... primeiro por você, depois poderá contagiar aqueles que ama.



Rosemeire Zago





Oi, meus amigos!!!!

Saudades de todos vocês, mas muitas saudades meeeeeeeeeeeeesmo!!! Estou voltando bem e feliz, mas devagarzinho, bem devagarzinho, após um período de descanso e reflexão. Crise existencial??? Ah, não tenho mais idade pra isso... Mas querendo cuidar um pouquinho mais de mim, da minha saúde, praticar mais atividades físicas, dormir mais e mais cedo, um olhar mais dedicado à família... Ainda de ressaca das férias e querendo imprimir um ritmo mais equilibrado na minha vida de internauta e blogueira, tentando domar minhas ansiedades. Mas sempre amando muito esses amigos maravilhosos que conquistei ao longo de quase um ano e meio da existência dos meus adoráveis “Amadeirado” e “Além das Nuvens"! Que ótimo estarmos juntos novamente. Obrigada a todos que, mesmo na minha ausência, não deixaram de registrar comentários lindos e gostosos de ler. Ainda não visitei nenhum blog, mas gradativamente, sem pressa e com muito interesse, irei colocando minha vidinha em dia. Bjkas com muito carinho! Lena.



Coldplay - Fix You


 

37 comentários:

Célia disse...

Oi, Lena! Seja bem-vinda! Excelente artigo! Há tempo pratico o "gostar de mim e me amar" até para que possa dar ao outro um pouco do meu carinho. Uma abordagem sábia!
"...Aprenda a se abraçar, se respeitar, se aceitar, se amar. Dê a si mesmo todo o amor que espera receber de alguém, pois só assim você poderá realmente ser amado e amar. Liberte-se das culpas, perdoe e perdoe-se! Liberte-se também das mágoas e dos ressentimentos do passado que só aprisionam e machucam tanto"...
Abraço, Célia.

Valéria disse...

OI Lena,saudades de vc,

seja bem vinda

bjs

Doce Menina

AquilesMarchel disse...

la vem ela falar d emim no texto de novo rsrs

poxa mas como é mais facil se amar quando alguemnos ama né? Com o tempo meio que isso faz falta pois tudo que fazemos fica melhor quando alguém proximo reconhece..
ms eu concordo com vc as vezes nao tivemos carinho numa fase da vida e tendemos a procurar em outras pessoas e isso acaba com a gente pq o reconhecimento nunca vem
:/
bjus lena

manuel marques disse...

"Quem parte leva saudades, quem fica saudades tem"

Beijo minha querida.

maria albertina disse...

Oi Lena..
quanto tempo não me olhava no espelho e me sentia bem..
quanto tempo não me abraço..
quanto tempo não me admiro pelas minhas qualidades.. fico sempre na expectativa de que venham me admirar..
isso é sofrido.. me deixa inerte, não consigo crescer. Me sinto culpada por tudo..
Lena.. seja bem vinda novamente.
Abraços e obrigado por ensinar como se abraça.

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Uma aprendizagem necessária e repleta de belos conselhos! Bjs

Ma Ferreira disse...

Leninha..bom que voltou!!

Temos que nos amar primeiro..

Sem este quisito não conseguimos amar ninguém..

Beijo..

Bento Sales disse...

Oi, Lena, que bom que está de volta, seja bem-vinda!

Realmente nos esquecemos da pessoa mais importante no mundo para nós, que é nós mesmos.

Não é à toa que o Primeiro mandamento diz:
"Amar a Deus sobre todas as coisas e segundo ao próximo, como a ti mesmo".

Voltou com uma postagem bem motivadora e pertinente com a atualidade.

Abraços do amigo de sempre!

Su disse...

iupiiiiiiiiiiiiiiiiii
você voltou!!! Estava com saudades! E que delícia de texto logo assim, de entrada! Nada como nos amar mais, cuidar mais de nós mesmos... e já fiz o exercício... abraça abraça abraça abraça e abraça, sempre!

Minha amiga, fico feliz com seu relato, a gente tem que parar mesmo em alguns momentos e rever nossos hábitos e se for necessário, mudar umas "coisinhas" mesmo... Penso que cuidar da saúde é tudo, e dormir é muito bom, dormir cedo, faz a gente despertar cedinho, e posso te garantir, é impagável acordar junto com o dia nascendo!

Beijos e um lindo final de semana pra ti!

Su.

Alê disse...

Lena,

Que saudades estava daqui... Ando tão com falta de tempo...

Menina: esse texto me 'causou' lágrimas nos olhos.... Acho que hoje estou emotiva mil... Dias assim,


Menina, meu melhor abraço a Ti

Marly Bastos disse...

É um maravilhoso texto sobre o amor próprio. Sabe Lena, eu acredito que ninguém sabe amar o outro se nao se amar. Por isso há tantos relacionamentos deprimentes, baseados no sufocamento, na falta de confiança, e respeito. Tudo que sentimos pelo outro, devemos sentir primeiro em nós e para nós.
Um texto lindo, que fala de uma verdade profunda, da falta de modelo de amor...
Beijokas doces minha flor linda e formosa.
PS: Vou continuar a fazer a faxina na cozinha rsrsrsrs lerê, lelê...

Van disse...

Você fez muita falta por aqui , sabia ? Que bom que já voltou ! Estava meio perdida sem seus posts sempre tão elucidativos e pertinentes...ADORO TODOS !

Grande Beijo , minha flor !

Imac by Artes disse...

Lena querida!
Que bom que voltastes estava com saudades. Espero que aproveitastes bem as férias e estejas renovada.
Amei ler esse texto cheio de verdades para serem refletidas.
Abraços! Uma boa noite e um domingo radiante pra ti.

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Seja bem vinda, Lena! Já estava com saudades! Voltou com um texto maravilhoso e cheia de verdades. Estou aprendendo a amar-me a mim mesma e hoje, penso sou capaz de dar valor ao que sou. É certo que o elogio é necessário, é como uma terapia, mas se ele não vier, temos que aprender a elogiarmo-nos a nós mesmas, mas creio também que essa consciência só chega com a idade, com a maturidade dada pelas experiências vividas. Um beijinho, amiga e um bom fim de semana, com tempo para curtires a família e os amigos; o resto pode esperar. Até breve
Emília

Sandra Portugal disse...

Lena amiga,voce voltou com tudo!!!! Haja inspiracao! Sem duvida, e'preciso dedicar mais tempo para cuidar de nos!!
http://projetandopessoas.blogspot.com//

Meire disse...

Linda Lenita, tchu, tchu, ru, ru vc voltou!!! (isso foi uma dancinha rsrs)
Muito bom o texto. Acho que às vezes acontece na nossa vida de focarmos exageradamente apenas num ângulo dela, esquecemos que a vida tem muuuuitos ângulos e todos merecem nossa atenção. Sabe amiga, quando refletimos chegamos a conclusão que o mundo aqui fora é uma projeção do que passa em nosso interior, se sabemos cuidar de nós, se nos permitirmos ser feliz, se plantamos coisas boas no nosso jardim interno elas vão florir aqui fora. Uma vez me disseram que na maioria das vezes enxergamos nos outros o que há em nós mesmos, tanto os defeitos quanto as qualidades, então se conseguimos enxergar tanta coisa boa nas pessoas é pq dentro de nós tem um mundão de preciosidades. Basta se dar o tempo necessário para apreciá-las! E quando o fazemos a vida dá uma guinada de 360 graus, onde tudo começa a dar certo, tudo começa a entrar no eixo e ficar mais bonito, mas pq nós nos sentimos melhor.

Você está certíssima em cuidar da sua life, em deixar as coisas no eixo. E a blogosfera é pra agregar coisas boas, então volte aos poucos, como der e quando der, pq seus amigos aqui de verdade, que te adoram vão estar sempre por cá e entendendo o seu tempo e o seu jeito Estrelinda de ser! :)

E vamo que vamo que hj é Coldplay forever na sua alma né!!! rsrs
bjokitas recheadas de afeto da sua sempre amiga!

Rô... disse...

oi minha amiga querida,

que beleza de texto,
digno de um retorno,
é muito bom cuidarmos de nós para sabermos cuidar dos outros,
a vida aos poucos vai nos ensinando,
adorei saber que está de volta,
e não tenha pressa quem é amigo sabe esperar o tempo que for...
adoro você,
e sinta meu abraço bem apertadinho e muitos beijinhos

Maria José Rezende disse...

Lena. Tem uma brincadeira para você no Arca. Chama-se TAG e está em Mimos 2011, na parte final. Beijos.

Calu disse...

Linda Lena,
que bom que chegou!!!Estava com saudades.Uma saidinha de férias é tudo de bom.Recarrega a alma e o corpo e ajuda nesse balanço necessário do tempo e das horas que dispomos na agenda rotineira. Usa o exemplo dado nesse ótimo texto e segue as instruções passo a passo, pois só podemos doar o que dispomos_saúde, apoio, vitalidade, compreensão,etc.Te cuide mesmo e com a certeza de que sobrará um tempinho para esses papos gostosos nos blogs.
Um abraço apertado, muitos bjinhos,
Calu

josenaide coelho disse...

Que bom que vc voltou a postar,seus textos são um amor e vc tbm...Dorme bem e cuida do teu soninho,quem passa muita noite de sono pode ter problemas cardíacos....Mais quem é poetisa não corre o risco,brincadeirinha...bom sábado..adogo vir ak..beijocas achocolatadas...rsrsrsrsrs...Saudades.....

QUIM disse...

Primeiro quero dizer que vc me fez falta...e que é uma delícia te ter de volta..Depois dizer que o amor tem que começar em nós...bj querida..

Claudia (Perfeita Ordem) disse...

Minha amiga,que saudade!
Passei pra te dizer que estou muito feliz com sua volta,seja muito bem-vinda ao nosso mundinho!
Volto com calma depois.
Beijo minha linda,lindo domingo,fique com Deus!

cidinha disse...

Olá, Lena que bom ter vc de volta. Estava morrendo de saudades! Fico feliz que vc esteja descançada e feliz. Belas imagens e o texto maravilhoso que eleva a nossa alto estima, muitas vezes esquecida e dependente de aprovação. Adorei otexto e a sua volta! Bjos mil master com mega carinho..

Anakoelho disse...

Bela postagem,parabéns pela escolha.
Boa noite ótima semana.

Toninhobira disse...

Bom que tenha voltado senti o cheiro primaveril do Amadeirado.Sim amiga, faça como prometeu a voce.Dose e mais doses de cuidados é muito bom.Voce bem no sentiremos melhor.
Seja bem vinda.
Adorei o texto neste puxão de orelhas.
Um abraço carinhos e um belo domingo a voce e familia.
Bju.

Sandra Portugal disse...

Amiga querida, vamos relaxar, vamos brincar como crianças nesse domingão!!!
Hoje tem brincadeira lá no blog, passa lá, venha brincar comigo!
bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

mfc disse...

O amor começa por nós próprios... Quem estiver vazio de amor por si, nada poderá oferecer a alguém!

Fico feliz com este teu regresso.
Beijinhos.

JAN disse...

LENA, VC JÁ VOLTOU AGRADANDO.
PARECE ATÉ QUE O Q TENHO SENTIDO, DESORDENADAMENTE, NOS ÚLTIMOS TEMPOS FOI ORGANIZADO NESSE TEXTO QUE VC TROUXE.

VENHA TOMAR CAFÉ COMIGO... ASSIM, ASSIM

JAN

♥Soniaconsult♥ disse...

Voltando juntas então?
Eu estive tbm longe por problemas bem complicados, quem dera que fosse férias.
Mas seja bem vinda querida!
Vamos nos dar as mãos e passear pela blogosfera?
Bjos querida e obrigada pela tua amizade.

Carmem disse...

olá, Lena,
Tão a propósito esse texto...
Acho que tem muita gente boa sentindo falta de se abraçar, de se gostar, de se mimar.
Isso é mais doença de mulher, que tem a mania de "valer" a tudo e a todos, e esquece que ela também é gente, que também tem que se valer a si própria, antes que o tempo acabe.

bjs amigos

Van disse...

Bem vinda de volta Lena, e que venha assim: se amando, se cuidando, se abraçando, como diz o texto.

Beijos!

Luar disse...

Leninha

Hoje sem tempo para ler, mas sem deixar de te vir dar um beijinho e dizer quanto senti a tua falta.

Beijo ...beijo...beijo

Ivana disse...

Oi Lena,
Se amar é se cuidar mesmo, então se cuida e bom retorno do seu jeito, no seu tempo. Um abraço!

ॐ Shirley ॐ disse...

Lena, eu estava com saudade de você e desses textos, que tanto nos ajudam a refletir sobre a vida. Um beijão!

Elisa T. Campos disse...

Lena
Que bom que voltou
O amadeirado veio lustrado com mais
brilho e muito amor.

bjs

Leonardo Marques disse...

Estou passando por momentos difíceis na minha vida em relação à tudo isso que está no texto, muito obrigado por postar ele! Veio na hora certa, mas eu tenho sérios problemas em melhorar, sempre fico nisso, não consigo evoluir, digo espiritualmente para que me ame... mas vou continuar tentando, já perdi muito tempo, não sei se já está muito tarde pra isso, mas vo continuar tentando, pois sei que um dia isso acaba.

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa tarde meu docinho de côco!!!!!!!!!!!
Que surpresa boaaaaaaaaaaaaaa te ver de volta!
Vc nem imagina como estou feliz...vc fez tanta falta que nem imagina.
Vc nos diz que está voltando devagarinho,o importante é que volte,não importa o tempo gasto...
Tbm botarei meus comentários em dia devagarinho,ok...
bjs meu docinho!!!!!!!!