19 de dezembro de 2011

Entre em 2012 leve

 

Tenho um desejo para 2012. Chegar nele leve. Não falo de peso. Eu me refiro à bagagem que acumulamos com o tempo: os nossos pertences. É hora de abrir os armários, doar livros, roupas e sapatos. Fazer uma limpeza geral e dar um destino melhor ao que aparentemente poderia ficar guardado por anos sem uso. E daí que é bolsa de marca? Ótimo. Alguém ganhará uma ótima bolsa de marca. Custou muito e você não usa? Dê! Perto de você deve ter alguma pessoa capaz de valorizar ainda mais seu presente há muito inútil. Aquele vestido de madrinha encomendado há dez anos? Fala sério, se te convidarem para madrinha daqui a dois anos você vai usar novamente? Se você respondeu sim, que vai reciclar e tal, parabéns. Caso contrário, tente um brechó. Você pode vendê-lo em consignação. E os livros? Já leu todos? Passe adiante, pelo menos alguns deles. Quer guardar para os filhos? Leve em conta, por favor, que a reforma ortográfica fará com que algumas palavras soem como pharmarcia com ph para os futuros leitores.

Meias estão se acumulando nas gavetas? Vê se não tem uma com fio puxado para jogar no lixo. E meias sem par? Tem coisa mais inútil? Contas de telefone velhas, extratos, canhotos de cheques, canetas falhando, relógios quebrados. Conserte ou jogue tudo fora,vai.

Casa com duas crianças pequenas tende a acumular brinquedos, que perdem o encanto, as peças, a graça. Vamos doar um monte? Lá foi a mais velha feliz da vida separar Barbies com cara de novas. Até eu fiquei espantada. Mas deixei passar. O mesmo não posso dizer da baixinha de 2 anos que não gostou nada nada de ver uma sacola cheia de brinquedos indo embora. “MEUS BINQUEDOS!!!!!”, disse, antes de abrir um choro de dor e revolta, que logo passou.

E o computador antigo que você guardou não sabe para quê? Doe para uma escola. Tem sempre uma precisando. Já reparou se está de fato usando todas as panelas guardadas na cozinha? E os potinhos de plástico? O lixo reciclável também é um bom destino para muitas das tralhas que acumulamos em casa. Tem duas vassouras piaçaba? Você usa as duas ao mesmo tempo? Leve logo aquele aparelho celular desativado para a reciclagem. E se comprar um vestido novo para o Natal, tire outro do armário antes que ele fique tão surrado a ponto de ninguém querer usar.

Casas entulhadas me dão nervoso. Parece que uma nuvem de energia pesada paira no ambiente. Armários abarrotados então… nada mais deselegante. Li isso num ótimo manual sobre elegância e etiqueta, by Gloria Khalil. E elegância, não me entendam mal, não tem a ver com grana, nem com sua capacidade de comprar um super-closet. Doar artigos em bom estado é uma atitude elegante e sempre será.

Questionar a utilidade de tudo em casa é uma ótima resolução de ano novo. Melhor do que aderir a uma nova dieta e mais fácil do que atacar de frente aquele seu defeito insuportável é abrir mão de coisas. Libera energia, e faz um bem enorme à consciência ver que tem gente aproveitando o que você desprezou. Sentir-se leve é um ótimo primeiro passo para um ano realmente novo. Leves, caminhamos com mais facilidade e sonhamos com mais liberdade, sem falar que gavetas vazias dão ótima arrumação. 
 


Isabel Clemente 
 
 
 
 
 

13 comentários:

Regina disse...

Ótimo texto Isabel. Concordo totalmente com você. Como as estações aqui são bem diferenciadas, a cada estação eu faço essa "limpeza". Tudo que eu não tenha usado por +/- 2 anos é repassado para outras mãos. Eu realmente me sinto + leve agindo assim.

Rô... disse...

oi Lena querida,

essa é sempre uma época de fazermos faxina,
não só nos armários,
mas na vida...
limpar os sentimentos que estão pesando dentro de nossos corações,
só assim daremos espaço para tudo de bom que a esperança do ano novo nos tras...

estou com saudades das suas palavras no Somente amor...
muita mesmo!

beijinhos

mfc disse...

É isso mesmo.
Ano novo, vida nova... e toca a reciclarmo-nos também!

Michele Santti disse...

Sempre passo aqui e leio, mas hoje preciso comentar para deixar aquele abraço especial de fim de ano.
Entro de férias, então, até 2012, com muita energia positiva.

Boas Festas!

marlene disse...

ÓLA MINHA AMIGA LENA CONCORDO PLENAMENTE COM VOCE O QUE NÃO TEM UTILIDADE NÃO DEVE SER GUARDADO
NEM PARA RECORDAÇÃO DEVE SER SUBSTITUIDO,NÃO GOSTO DE VER ROUPAS E
OBJETOS AMONTOADOS SÓMENTE POR ESTAREM ALI FAZENDO NUMERO,
NÃO COSTUMO GUARDAR NADA SOMENTE O QUE ESTA EM USO APROPRIADISSIMO SEU EXELENTE TEXTO,MINHA QUERIDA VENHO
DEIXAR UM ABRAÇO DESEJANDO FELIZ NATAL UM ANO NOVO CHEIO DE ALEGRIAS E REALIZAÇÕES,AGRADEÇO O CARINHO E AMIZADE QUE RECEBI DE SUA PARTE DURANTE O ANO QUE FINDA ESPERANDO PODER CONTAR COM A MESMA NO PROXIMO ANO POIS PARA MIM SÓ TROUXE MUITA ALEGRIAS E REALIZAÇOES,
AMIGO É COISA PRA SE GUARDAR NO LADO ESQUERDO DO PEITO,E VOCE É UMA DESTAS AMIGAS QUE PRESO MUITO
DESEJO TUDO DE BOM QUE DEUS TE ABENÇOE GRANDEMENTE BJS MARLENE

Imac by Artes disse...

Minha doce amiga!
Ótimo texto e bem reflexivo...
Não fiz a faxina que gostaria,mas por enquanto estou parando, vou terminar ápos o Natal.Também desejo
chegar 2012 bem leveeeee...
Amanhã chegam filhos,netos e aí é só alegria se Deus quizer.
Abraços! Dias abençoados repletos de amor e preparativos para o Natal.

tecas disse...

Fabuloso texto, querida amiga Lena.A leveza do espírito está patente no seu desejo. A matéria pesa, quando a alma é limpa.os meus sinceros parabéns por esta maravilha. Um Santo Natal e que no Novo Ano, concretize todos os seus sonhos. Beijinho amigo e votos de Festas Felizes.

Maria Alice Cerqueira disse...

Bom dia prezada amiga,
Venho agradecer o seu carinho, atenção e compreensão durante este ano que foi coberto de lindas rosas e com alguns espinhos, que me ajudaram a crescer e a compreender ainda mais o valor da minha vida!
Amiga muito obrigada por cada uma de suas carinhosas visitas, sua companhia, sua presença e sua força e apoio.
Quero pedir desculpas pelo meu silencio, mas gostaria que soubesse que não foi proposital! Mas por conta de alguns desafios que a vida me trousse.
Gostaria de lhe desejar um Santo Natal e que o Ano 2012 venha coberto de muita paz e Amor!
Gostaria de lhe oferecer o selinho de Natal , tem dois pode leva-los ou escolha o que mais gostar, tem também o selinho de 400 seguidores que fiz com muito carinho!
Dentro do mundo magico do coração quero muito lhe agradecer por tudo! Muito Obrigada de todo o coração!
Tenha um lindo dia!
Abraço Amigo!

AquilesMarchel disse...

fora meias velhas rsrsrrss

josenaide disse...

Vamos lá fazer nossa faxininhas...Bjss!!!

Calu disse...

Perfeito Lena querida,
nunca é demais lembrarmo-nos da importância da leveza;na vida e nos pertences que acumulamos ao longo dela.Ser leve faz bem ao coração!

Desejo-te um Natal abençoado, repleto de alegrias e esperanças concretizadas.Paz e bem á ti e toda família.Feliz Natal!
Bjos,da amiga,
Calu

Célia disse...

Faço sempre essa faxina mental e a física! Pertences que não uso... não me pertencem... então dôo mesmo!

Meire Oliveira disse...

Ah Lenita, e em casa de professora então a papelada de provas, trabalhos. É muiiiiiiiiiiiiiiita, comecei a jogar alguns que não servem mais por aqui, rasguei tanto papel esses dias que as mãos ficaram até doloridas rsrs
Adorei o texto :) Se começamos com a nossa casa, nossa primeira casa que é nosso corpinho vai ficando mais leve tbm, afinal dessa vida a gente só vai levar os sentimentos que estão em nossa alma.

Super beijokita pro cê!