19 de junho de 2012

Uma questão de tempo...




Sim... as pessoas que amamos são insubstituíveis ao nosso coração. Aquele lugarzinho que elas ocupam fica marcado com a presença delas, com o cheiro, com a forma e até o som do riso.

E quando elas partem forma-se o vácuo. Mas se a presença física se foi, ficam ainda as lembranças de tudo aquilo que foi construído juntos: os momentos vividos, as horas compartilhadas, muitas vezes as partidas e reencontros...

A saudade é tão indizível quanto a dor que ela provoca.

Mas ainda existe uma esperança: quem faz o bem aqui, nunca vai completamente: essa pessoa vive através dos ensinamentos que deixou, vive através das marcas que foi colocando em cada passo, cada acontecimento...

E o que reconforta é a esperança de que esse ponto final colocado é apenas passageiro, pois o Senhor nos prometeu que um dia, no céu, nós nos reconheceríamos.

Então... é apenas uma questão de tempo. Um dia a gente se reencontra fatalmente com aqueles que amamos e nos amaram acima de tudo nessa vida terrena. E enquanto estamos aqui, vamos deixando nossas marcas também, por que há os que precisam de nós e os que um dia irão querer viver com a esperança de nos reencontrar.

Assim, um dia, numa promessa feita por Deus, haverá no céu uma grande festa.

Tudo é uma questão de tempo...


Letícia Thompson






Meu querido pai Madeira, hoje você estaria fazendo 99 anos!!! Sei que tem festa no céu e que vc está alegrando a todos, como sempre fêz conosco aqui. Um beijo grande de quem sempre te amará!
Lena Simões



Frank Sinatra - I did it my way





5 comentários:

Van disse...

Oi Lena,

Hoje acordei morrendo de saudades de você.

Um dia você encontrará com ele novamente. Acredito nisto.

Beijos!

Célia Rangel disse...

Ah! Lena! Como espero essa "Festa no Céu"... há tantos queridos que já partiram... na certa preparam nossa chegada... e nós temos nossa missão a completar por aqui...
Bjs. Célia.

Graça Pereira disse...

As coisas, as pessoas que ficam invisíveis ao nosso olhar...passam a estar mais visíveis dentro do nosso coração! Sem dúvida!
Mil beijos.
Graça

Denise disse...

Lena, concordo com o texto da Letícia, é importante deixar nossas marcas, de preferência q elas possam servir de refrigério a muitos corações. Afinal, é ótimo ser lembrando com gratidão. Muita paz!

Caroll disse...

Verdade, os ensinamentos e as lembranças de quem amamos ficam vivos dentro de nós.
Bjs