17 de fevereiro de 2011

Em nome do amor próprio




Baixa autoestima, dizem especialistas, é a porta de entrada para o mundo das neuroses, já que quase todos os conflitos internos podem ser amenizados com uma boa dose de amor próprio. Acredite, gostar de si mesmo é possível. Bastam orientação e compromisso de mudar.

Trabalhar a autoestima significa o resgate de si mesmo. As pessoas se esquecem de atitudes básicas e fundamentais, como a atitudes bastante simples: o cuidado na hora de tomar banho, o preparo da mesa de café, a escolha da roupa que vai usar. Pequenas atitudes que, na soma de um dia inteiro, podem causar uma grande diferença na construção da imagem que temos de nós mesmos.

Para o psicólogo Neil Clark Warren, fundador do site de relacionamentos eHarmony, a conquista da autoestima passa por três pilares: os amigos, o corpo e a emoção. Faça bons amigos. Cerque-se de pessoas positivas, dinâmicas e que reconheçam o seu valor. Amigos positivos, que queiram ver você bem, que falem coisas boas sobre você e sobre a vida. Na escolha dos amigos está a escolha do que desejamos ser.

A matemática de Neil não é tão exata, mas, segundo ele, ter, pelo menos, três ou cinco bons amigos do mesmo sexo, ou dois bons amigos do sexo oposto, já são suficientes. Você precisa estar rodeado de indivíduos que passem mensagens positivas e que vejam traços bons na sua personalidade. Desta forma, eles elevam sua autoestima e enxergam características positivas suas que você não vê.

Cuidar bem do seu corpo é a segunda máxima para elevar o amor próprio. Quando você está com quilos a mais, e eu sei porque já passei por isso, geralmente não se sente bem com você mesmo. Quando você tem consciência de que não está se alimentando bem, ou exagerando na comida, tende a sentir que não se cuida. Por outro lado, se você se alimenta corretamente, faz exercícios e dorme o tempo suficiente para descansar, sabe que está cuidando bem de você mesmo.

A emoção requer atenção e o primeiro passo é evitar sobrecargas em quaisquer áreas, inclusive a profissional. Encha sua mente de coisas que nutram sua alma e alimentem suas emoções. Tire um tempo para fazer aquilo de que realmente gosta. O foco deve ser na força, nas qualidades, mais do que nas fraquezas.

"Procuramos tantas coisas erradas em nós que, quando alguém comenta algo positivo, chegamos a ficar surpresos. Desperdiçamos tanto tempo pensando em nossos defeitos, que não percebemos todas as coisas boas que temos dentro de nós. Comece a observar sua personalidade e veja o que o orgulha", aconselha.

Permitir que a negatividade se instale é eliminar as chances de viver bem.

 

6 comentários:

soniaconsult disse...

Porque será Lena que é tão difícil pra gente pensar em nossas qualidades e defeitos? Muitas vezes pensamos mais nos defeitos dos outros. Somos tão egoístas. Podíamos nos amar mais, nos conhecer mais, acredito que desta forma a auto estima seria melhor.O cuidado conosco seria melhor.
bjos

Kiro Menezes disse...

Nossa... minha auto estima é baixissima. Eu amei o texto e vou reler ele mais vezes...

Meu pretendente-a-futuro-grande-amor diz que eu sou linda e que não admite q eu fale o contrário!!!

Jà nem discuto, não concordo com ele MESSSMO!!!

Obrigada querida, é um lindo post!!!

^_^•

manuel marques disse...

"É pelo nosso amor-próprio que o amor nos seduz. Como resistir a um sentimento que embeleza o que temos, que nos restitui o que perdemos e nos dá o que não temos! "

Beijinhos.

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

se sempre o belo está no outro o que de mim fica em mim mesmo? desprezo? dor? vontade de não caminhar?
cada um tem seu algo de belo, amai a vc mesmo como nunca amor ninguém

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Lena querida,

Importante tema discutido na mensagem.
O que mais vemos são pessoas com baixa estima devido principalmente á sua aparência.
Pessoas que precisam da aprovação de outras para se sentirem bem consigo mesmas, mas que "na minha opinião" apenas não enxergam sua verdadeira Essência Espiritual.
O nosso físico é apenas um invólucro para nossa Alma, e quando ela se expressa livremente nada atrapalha sua Luz e seu Brilho.
Pense em como é gostoso ficar ao lado de uma pessoa de bem com a vida, de bem consigo mesma, com seu trabalho, com a vida em geral.
Automaticamente a Energia dela irradia e contagia á todos em sua volta.
Ela transmite Força e confiança.
E sabe aonde encontramos tudo isto? Nas Leis do Universo....
Através do discernimento e confiança em Deus, nos aceitando como Seres Espirituais que estamos apenas tendo um aprendizado na matéria.

Um grande beijo em seu coração!!!

Lena disse...

Minhas queridas,

Acho que os comentários de todas foram muito adequados e significativos em matéria de esclarecer melhor a proposta do texto.

Um trecho do que a Lú escreveu pode ser uma síntese:
"O nosso físico é apenas um invólucro para nossa Alma, e quando ela se expressa livremente nada atrapalha sua Luz e seu Brilho. Pense em como é gostoso ficar ao lado de uma pessoa de bem com a vida, de bem consigo mesma, com seu trabalho, com a vida em geral.Automaticamente a Energia dela irradia e contagia á todos em sua volta.Ela transmite Força e confiança.E sabe aonde encontramos tudo isto? Nas Leis do Universo..."

Vocês também são "mentes que brilham"! Obrigada sempre pela presença!

Bjkas e um excelente fim de semana!