31 de março de 2011

Fazer




A maioria de nós comete um equívoco brutal, que é confundir "realizar" com "pensar em realizar".

Outra expressiva maioria confunde "seguir" com "caminhar". Quando se segue, não se tem a correta consciência do certo e tampouco do errado.

Quando se segue, não se pensa; portanto, não se avalia.

O melhor aprendizado é aquele em que o indivíduo (portanto, único e não dividido) consegue entender seus equívocos e evolui com esta análise.

Desta forma, a tarefa mais importante de um ser humano é, sem qualquer dúvida, saber pensar, lembrando que a evolução vem com a implementação e a realização de suas tarefas.

Nossas existências no planeta são concedidas com muito custo e são para que aqui venhamos com a finalidade de REALIZARMOS e, assim, aprendermos.

Só resgataremos, só seguiremos ir em frente de forma inteligente, se realizarmos e, portanto, aprendermos a forma correta de concluir uma tarefa.

Os que nada fazem... Nada aprendem. Os que seguem podem se tornar fanáticos, obtusos.

Os que querem em pouco tempo acham que o dinheiro é tudo.

Os que se envolvem em criticar, um dia vão perceber que pouco ou nada progrediram.

Os que só lêem e nada aplicam, são meras culturas inúteis.

O que efetivamente precisamos é aprender como nos comportarmos, não fazendo aos outros o que não queremos que façam para nós.

O que poucos se dão conta é que hoje somos o fruto das decisões que tomamos até ontem. Portanto, somos o único timoneiro do nosso barco.

Dias atrás, conversei com uma moça que para poder se ver livre da mãe, que era uma eminente adestradora, casou com um rapaz... Deu certo o casamento? Claro que não.

Nossas crenças é que nos impõem limites. A forma como somos educados ou adestrados é que nos faz estacionar, ou impulsiona a evolução e o nosso crescimento. É nossa inércia que, igualmente, nos estabelece limites.

Entre no Google, e comece a se perguntar: O que sou eu? Que planeta é esse? Que vida é esta que estou levando? Qual o tamanho da minha ignorância?

Feito isso, comece a decidir a seu favor. Não siga ninguém... Um dia, faz anos, vi um catador de lixo em Florianópolis que tinha escrito em seu carrinho:

"Não me siga, também estou perdido!

Faça o mesmo. Siga a sua intuição. Aprenda a decidir a seu favor, e deixe de permanecer perdido.



Saul Brandalise Jr.

8 comentários:

R.B.Côvo disse...

Seguir a minha intuição, bom conselho. Abraço.

Apenas Um Sonho disse...

oie amiga
saudades de vc.
estou de volta!
que linda msg..
adorei.
tenha um lindo dia!
bjus

Sam disse...

Precisamos, muitas vezes, tapar os ouvidos pra fora, pra tantos palpites que nos dão, turvando o real caminho que há em nós.

Precisamos muitas vezes, ensurdecer pro mundo... e abrir os canais da percepção, pra nos e de nos.

Meu beijo, querida.

Sempre fantástica!

Leandro Ruiz disse...

Lena, são muita as vezes que deixamos nossos atos apenas em pensamentos, esquecendo de por em prática...

Paz e bem!!!

Zil Mar disse...

Oi Lena...

Mais uma vez eu preciso lhe dizer que ao terminar de ler o texto...dei um suspiro tão profundo...parecia que finalmente conseguia respirar....

São as respostas que buscamos...as dúvidas...e vc nos dá de mão beijadas...

Um grande bjo querida!

Zil

Zil Mar disse...

Oi Lena...desculpe estar voltando aqui..esqueci de lhe fazer um comunicado...tem um selinho pra vc no páginas de lembranças.


bjo!


Zil

Van disse...

Nossa intuição é ótima conselheira

Tem uma indicação do seu blog lá no Retalhos, um Meme literário

Beijos Lena

C. disse...

Cada experiência traz uma licao, ninguém vive em nosso lugar, ou sente, se apenas seguirmos nao teremos essa experiência fantástica de amadurecimento.

#