3 de novembro de 2011

A lógica do vazio



Quando o comichão do vazio rasga, surgem os questionamentos sobre o sentido da vida. Como se neste ainda infantil planeta tivéssemos condições de compreender o real significado da nossa existência. Mesmo assim, questionamos. Mas uma coisa é certa e com um nível bem fácil de compreensão: vida é energia em movimento. Quanto mais gasta, mais recebe. É a lei, "ação e reação". Não tem como escapar.

Então, se aderir ao vazio, apenas questionar e estagnar, certamente pifará. Por uma razão lógica:

1. A vida é energia em movimento.

2. Você estaciona em meio ao giro de todo o universo.

Logo: você pára de mover energia e a vida "murcha", ficando, por mais irônico que seja, vazia...

Resumindo: o vazio tende a gerar vazio.

Então, meu amigo, se o vazio incomoda, é porque, de alguma forma, você estacionou. Mesmo que se viva na incessante correria de compromissos "terrenos" e o dia precise de 27 horas, ainda assim, se o vazio incomoda, é porque você estacionou. Só que no universo não há vagas. É como um carro que pára no meio da rua em plena hora do rush: pode não provocar batidas, mas com certeza sofrerá a pressão infernal de todos aqueles que precisam trafegar. Não há outra maneira: ele tem de sair dali, não importa como.

Porém, acredite, o vazio pode ser bom. Quando bem encarado, ele é uma forma, quiçá a única, de nos "empurrar". Se para frente ou para trás, depende da escolha de cada um.

Nesses dias, em meio a uma crise existencial tipicamente terrena, disseram-me que a única coisa que eu deveria fazer seria mover energia a meu favor. As peças ainda ausentes - e que geram o vazio, pois, no fundo, sabemos da existência de todas elas - se encaixariam naturalmente, cada qual a seu tempo. Portanto, no lugar do vazio, há de entrar o movimento. No lugar do desespero, a paciência. E no lugar da frustração, a perseverança.

Se for muito difícil, acrescente a força, a fé, a confiança e um chocolatezinho, para não abandonar o caminho. Porque mesmo se abandonar, o universo não vai parar...




Raquel de Vechi 





18 comentários:

Célia disse...

Aprendi com um grande amigo que todo vazio é fertil... Nossa interação com o mesmo é que favorece o surgimento das energias positivas ou não... nosso interior fala alto no vazio de nossa existência... Preenchê-lo, cabe a cada um de nós!
Abraço, Célia.

Palavras disse...

Oi Lena,

um ótimo texto!

O vazio que nos preenche é o mesmo que nos esvazia...

Beijos

Aleatoriamente disse...

Nem o vazio é de todo vazio.
Amei o texto Lena.

Beijinho amada

Lilá(s) disse...

Lindo!
Vou encher a minha vida de força, fé, confiança e um chocolatezinho...
Beijinhos

。♥ Smareis ♥。 disse...

Oi Lena, eu que agradeço pelo carinho la no Facebook. Fiquei muito, mas muitooo feliz em te encontrar lá, assim como fico feliz quando vai me visitar. Obrigada pelo carinho , és sempre muito querida por mim. Muito bom esse texto, você sempre nos presenteia com coisas boas.
Realmente o vazio incomoda, mas se você consegue lidar bem com ele, não é de todo mal. Mesmo no vazio, você consegue energias positivas pra preencher esse proprio vazio. Agora se não conseguir, o que não pode é ficar parado , tem que buscar força na fé, perseverança, e confiança, que com todos esses ingredientes não há vazio que resista.
Beijos e ótima sexta-feira.

Meire disse...

Oi Estrelinha mais linda do mundo, seu post tem um cadinho de sincronia com o que escrevi pra amanhã. A gente se comunica sem falar!!! É demais isso :)
Quando a gente sente vazio temos que preenchê-lo de amor, ao menos pra mim sempre resolve minha sweet friend, quanto mais amor a gente dá pra si e para os outros mais amor flui em todos os ângulos da nossa vida, aí as coisas vão acontecendo, vão embelezando nossa vida.
Vou deixar a frase final do meu postito, um pouco modificado, especialmente pra vc:

E eu tenho cá pra mim que o tamanho da sua força é proporcional ao amor que carregas em ti. Então, Lenita, vc tem uma fortaleza sem fim.

Adorei o texto, principalmente a parte do chocolatezinho...hummmmm rsrs

bjokitas recheadas de muito afeto pra ti lindona!!!

Mara Melinni disse...

E se restar algum vazio... vamos preenchê-lo com o melhor da nossa alma...!

Saudades, amiga Lena!!!

Aqui estou... andei sumida, até mesmo em um imenso vazio... mas o tempo me ajudou a superar.

Bjo e fique c/ Deus!!

cidinha disse...

Olá Lena! Também gostei de saber que o vazio preenche. Maravilha de texto menina! Obrigada pela bela mensagem. Bjos! Saudade!

O Universo dos Pensamentos disse...

Bom dia, Lena,

"o vazio tende a gerar vazio." Ou seja este sentimento de vazio não faz bem a ninguem, por isso, a gente tem que se recuperar logo, logo.

Bom final de semana, bjo

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
JORRAR BOA ENERGIA EM NÓS É SINAL DE SABEDORIA...
BJM DE PAZ E ÓTIMO FIM DE SEMANA

Emíliana disse...

A solidão pra mim funciona como um balsamo.Claro que nem sempre.Precisamos nos movimentar e de movimento a nossa volta.
Lindo texto,Lena.
Nos faz refletir.
E o chocolate...rsrs, ótima ideia.
Te mandei um e-mail,um ótimo fds,bjka

An@ disse...

Muito bom texto ...

Já o li 2 vezes!!!
Obrigada pela partilha destes textos maravilhosos!

Beijos
Um fim de semana muito feliz

ReltiH ReltiH disse...

EXCELENTE. TODO ES UN ESPIRAL.
UN ABRAZO

manuel marques disse...

"Procuramos preencher o vazio da nossa individualidade e por um breve momento desfrutamos da ilusão de estar completos. Mas é só uma ilusão. O amor une e depois divide."

Beijo.

Ma Ferreira disse...

Oi Lena...

Bacana este teu texto.
Acredito que muitos se identificam cm ele.
O sentimento de vazio e como a febre. E o sinal de que alguma coisa nao esta bem, que esta em falta.
Ai e hora de procurarmos forcas dentro da gente pra reagir e se superar.m
AS vezes, quando estamos cheios..ou seja cheio de problemas, ai sim, e hora de dar uma pausa.
Tentar se esvaziar..... pra que o novo ressurja..

Existe uma fonte a nosa disposicao que pode nos preencher em todos os momentos..DEUS!!

Um beijo..te amo viu?? saudades..

QUIM disse...

O vazio..ocupa tanto espaço que por vezes não acho sentido na palavra vazio..querida me desculpe a ausência gozando as férias..hoje regresso a casa super beijo morrendo de saudades ..te adoro.

ॐ Shirley ॐ disse...

Texto lindo e verdadeiro. Infantil planeta...estamos ainda no Jardim da Infância... Mas, a todo instante estamos lançando nossos bumerangues, que só nos devolvem o que colocamos sobre eles. Amiga, muita paz e muita luz!

Sandra Portugal disse...

Lindo!
bjks Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//