17 de maio de 2011

Incerteza





Estamos em um tempo onde muitas coisas que nos davam segurança e em que confiávamos plenamente já não servem mais...

Para quem sempre aprendeu a colocar o poder lá fora, isso fica muito complicado e gera uma enorme insegurança. Aprendemos a querer certezas e quase não sabemos lidar com o que é incerto.

Cercamo-nos e acumulamos coisas que nos dão uma aparente estabilidade e segurança... fora e dentro de nós.

Fora acumulando coisas... dentro acumulando memórias e crenças que acreditamos que nos protejam e garantam uma estabilidade.

Num mundo onde a única coisa certa é a mudança... a impermanência... buscar estabilidade parece bem incoerente. Mas aprendemos assim e passamos a vida construindo castelos de areia, pensando serem sólidas construções...

Ao perceber que não podemos mais confiar em tanta coisa fora de nós, que antes nos oferecia segurança nós sentimos, às vezes, um frio na barriga... uma vontade de correr; mas... correr para onde?

Estamos em um tempo onde as estruturas que foram criadas em cima de coisas ilusórias estão sendo quebradas... tudo que foi criado com base em crenças e conceitos equivocados está sendo revolvido até as raízes.

Saber fluir com a incerteza é uma chave preciosa, uma vez que nossas certezas se baseavam nos conceitos do ego... que agora, muitas vezes, não vê saída diante das situações que nos são colocadas. Parece que o Planeta -e cada um de nós- está sendo passado a limpo e que nada mais pode ficar guardado debaixo do tapete...

É justamente quando nos julgamos sem saída... quando já esgotamos os recursos do ego... que nos rendemos... Entregamos o controle a uma força maior, porque reconhecemos que não podemos fazer mais nada... e aí os milagres podem acontecer...

Estamos em meio a profundas transformações e diante de nós há a possibilidade de nos tornarmos quem verdadeiramente somos... sem os acréscimos e as limitações do ego...

É preciso deixar ir tudo que ainda nos prende e limita e aprender a fluir na incerteza... aprender que não precisamos nos cercar de tantas coisas... Sei que esse não é um aprendizado fácil, diante da forma pela qual aprendemos a lidar com a vida... mas é o que de melhor podemos fazer nesses tempos de tantas mudanças.

Se estamos abarrotados até o teto de coisas e de memórias, nem deixamos espaço para que o novo... o que está além de tudo que é conhecido... possa se manifestar.

Mesmo as coisas que são muito boas podem prender... e às vezes representam uma prisão muito mais difícil de sairmos dela.

Se nos apegamos, mesmo ao que é bom e queremos manter aquilo em nossa realidade, é porque ainda não confiamos que o Universo possa nos trazer algo ainda melhor...

Soltar... deixar ir... aprender a fluir com a incerteza... sabendo que ela pode ser uma fonte inesgotável de surpresas... arriscar o novo... e nos abrir para a Vida que está sempre se renovando a cada novo dia... nos dá forças para acompanhar esse tempo... que pode não ser o mais fácil... mas é o que temos e pode esconder nas aparentes dificuldades a semente da tão buscada felicidade.



Rubia A. Dantés 

30 comentários:

Meire disse...

Lena minha querida, chega um dia em que a ficha cai de que tudo o que é sólido pode sim derreter, aprendemos isto, muitas vezes, de uma forma dolorida. Mas a partir daí passamos a olhar a vida com outros olhos, saber que ela e as pessoas são uma caixinha de surpresas. Não sabemos ao certo a que caminho estamos sendo levados ou estamos seguindo, mas o "deixar a vida te levar" tbm traz um cadinho de insegurança. Há dias em que estamos seguros de nós e dias em que a insegurança aperta lá no fundo. Temos que aprender a lidar com isso o que não é fácil, mas com boa vontade e fé podemos.
Que sua terça tenha surpresas boas, daquelas que iluminam o dia! Um bjo com muito carinho, Meire.

Will Lukazi disse...

Oi Lena !

Sábias palavras do início ao fim.
Texto maravilhsos com uma liçao simples e real.

Olha, Lena, hoej eu queria mesmo é roubar um pouqinho de teu tempo para te mostrar esta mensagem:


O Blog do Super Will tem o prazer de informar aos seus leitores de que foi um dos 08 selecionados pelo Blog Ostra da Poesia, para participar do 4º Pena de Ouro. O concurso, segundo Lindalva, administradora do Blog, ''tem como objetivo divulgar as rimas poéticas e encantadoras dos nossos Construtores de Palavras e interagir os blogueiros desta grande nação chamada blogsfera. Todos são bem vindos se vier por bem''.

O 4º Pena de Ouro reunirá 08 poemas de diferentes blogueiros. Os 02 poemas que mais receberem comentários (votos) durante 03 dias irão para a final, sendo que o campeão também será aquele que receber mais comentários e anunciado dia 29/05.

Os poemas estarão dispostos na um debaixo do outro, na ordem em que foram enviados via e-mail por seus autores.

Com certeza uma bela iniciativa e oportunidade para interação e confraternização de nossa irmandade blogueira. Parabéns para a Lindalva pela maestria e sensibilidade com que vem conduzindo o Concurso.

Aos amigos e leitores do BLOG DO SUPER WILL que, após lerem os poemas, quiserem dar um voto de confiança é só deixar lá no Mural(http://ostra-da-poesia.blogspot.com/p/ostra-das-poesias.html )o nome do poema enviado pelo BSW ( CABIDE ), um comentário sobre o mesmo e obrigatoriamente o link de seu Blog.

Desde já fico agradecido e honrado por sua bondade!

Super Beijo!

Pili Ruiz disse...

Buenos días Lena! Así es, vivimos en un mundo materialista, donde solo acumulamos posesiones y cosas inservivibles y no cultivamos lo más importante el amor en el corazón por los demás y la Espiritualidad que es nuestra esencia, puesto que somos espíritu...Me ha guastado tu escrito...Espero que tu día sea bonito...Besitos

^____Pili_____^

Pena disse...

Estimada e Perfeita Amiga de sonho:
"...Num mundo onde a única coisa certa é a mudança... a impermanência... buscar estabilidade parece bem incoerente. Mas aprendemos assim e passamos a vida construindo castelos de areia, pensando serem sólidas construções..."

Concordo em absoluto consigo.
A vida dá-nos o que nem sempre desejamos.
Escreve deliciosamente e com ternura.
Já registei a lição de hoje em mim.
Parabéns sinceros pelo que cria com beleza.
A existência devia só conter coisas boas, fascinantes e fabulosas, como VOCÊ!
Bem-Haja, pelo seu talento.
Sempre a admirar o que é e o que escreve de forma deliciosa e pura.

pena

É fantástica.
Linda.
Bem-Haja!

✿ chica disse...

Que linda mensagem por aqui nesse texto,Lena! Soltar, deixar ir...esperar, confiar...

um lindo dia,beijo,chica

C. disse...

Deveríamos nos pressionar menos e aceitar que queremos algo e sair viver sem sinalização e cobrança nenhuma! Num é?

Já tô ficando repetitiva em dizer "que texto lindo!".

Boa terca amiga!

Wanderley Elian Lima disse...

Oi Lena
Conceitos e valores que tínhamos como absolutos, hoje são questionados e jogados por terra. Isso nos dá uma tremenda insegurança, pois de certa forma perdemos nossas referências.
Bjux

mfc disse...

Tudo está em constante mudança e o único lugar onde ainda vamos conseguindo aquele amparo de que precisamos é a família.

нєllєи Cαяoliиє disse...

"Inesperado não é o desconhecido, mas o rompante das incertezas que não deveriam ter tanto poder em nossa mente."
Stuka Angyali
Prefiro que as incertezas fiquem um tanto longe de mim,uma vez que elas me impedem de viver,peço que mantenham distâncias rss
Adorei o Post! Fez-me refletir quanto as minhas incertezas fazem parte de mim.
Beijo,Querida*

Đeh Olliveira ♪ disse...

Bom dia ^^

Quando a tristeza olhar para você,
Só tem um jeito:
Olhar de volta para ela;
Dar um sorriso e deixar ela sem jeito...


Doce beijo.

ValCruz disse...

Lena, bom dia! Teus dois últimos textos foram sensacionais... Essa vida é um risco, ou se vive deixando fluir com a incerteza, como diz no texto, ou, fica-se parado no temmpo sem viver. Ainda prefiro viver todas as situações e sensações...


Grande beijo e abraços de luz!

AOSOLHOSDAALMA.BLOGSPOT.COM disse...

LENA creio ser geral esta insegurança
que a maioria esta á sentir com
tantas mudanças bruscas,e surpreendentes,que nos tem tomado de assalto cabe somente a nos buscarmos o equilibrio da maneira que acreditamos ser o ideal a cada um
busco insessante mente no mundo
espiritual respostas para todas minhas perguntas,são tantas e tão variadas que somente Deus em seu amor sem igual para nos orientar
belissimo texto,amei bjs marlene

O Universo dos Pensamentos disse...

Boa tarde, Lena...

Bela postagem, texto verdadeiro.

Bjo

Lindalva disse...

Olá Lena, sou a Lindalva da Ilha e administradora do ostra da poesia, agradeço pela deferência ao meu cantinho nauta e aos elogios, mas infelizmente teu voto não foi computado no pena de ouro, porque postastes teu voto no mural errado. O voto só é válido no mural restrito que fica abaixo das poesias, desculpe o transtorno, mas optei por este método de votação, após criar diversos eventos, sendo esta a maneira mais prática, democrática e que não cria atritos, entendes? se puder volta no ostra e vota novamente ficaria muito feliz com tua efetiva participação. beijos no coração.
PS: teu blog é encantador e já estou te seguindo!

* Verinha * disse...

Por vezes temos mesmo que nos desfazer de muitas coisas para que assim haja espaço para as novas.
Fantástico texto Lena!

Beijoquinhas super em seu coração...
Verinha

manuel marques disse...

As incertezas vão sendo mais fortes è medida que se penetra com maior informação e mais atenta inteligência no mundo que nos cerca.

Beijo meu.

Regina Coeli Carvalho disse...

Olá,
Muitas vezes a acomodação não nos permite escolher novos caminhos, trilhar novos rumos, mas a surpresa do inesperado quando acontece nos obriga a algumas transformações.
Está ai a beleza da vida, as surpresas, as mudanças, o sair um pouco de si e olhar para o lado percebendo que há postas para serem abertas.
Meu abraço.

Du disse...

Sempre encontro textos maravilhosos por aqui, alguns mexem mais ou não. Este em especial era oque eu precisava ouvir. Como sempre.
Boa semana querida e obrigada.

MARILENE disse...

Quem não tem incertezas, ou não as teve, se havemos sempre de encontrar vários caminhos para chegar a um objetivo?

Além de ser próprias do ser humano, são seu impulso a novas conquistas. Certezas tiram o entusiasmo que estimula a luta por novos ideais.

Bjs.

Officina do Aroma disse...

Adorei sua postagem..."incerteza "
...incerteza q tdos temos lindo tema ,espero q ñ se importe postei no meu blog pq achei interessante bjkas
vc é além das nuvensssss

Catia Bosso disse...

O mais certo é deixar as incertezas de lado e ir enfrente!

LenaLindona! Saudades! bjs sempre!

Catita

Vera Lúcia Duarte disse...

EI LENA,
ESTE APEGO QUE TEMOS A OBJETOS E A FATOS REGISTRADOS EM NOSSA MEMÓRIA
FAZ COM QUE NOSSA VIDA ESTACIONE.

PARA ABRIR ESPAÇO AO NOVO DEVEMOS FAXINAR GERAL. NOSSA BAGAGEM FICA MAIS LEVE E A JORNADA MAIS TRANQUILA.

QUANTO ÀS INCERTEZAS, VOCÊ DISSE BEM, RESTA BUSCAR UMA FORÇA MAIOR
QUE NOS FORTALEÇA.
BEIJO.

♪ Sil disse...

Lena querida!

E querendo ou não, por mais que a gente se esforce, temos ainda tantas incertezas...mas faz parte do nosso crescimento e evolução!!!

Beijoooooooo amiga adorada por mim!

Respondi seu email!

Liberdade. disse...

Olá querida!

Que texto fantástico!

Nem sempre a vida,se apresenta fácil,
doce, tranqüila.
infelizmente,ou felizmente,não sei,
mas é aquele velho ditado se a vida lhe oferece,limão faça uma limonada.
Assim fiz...
um beijão!

Vilmar Barros de Oliveira disse...

Oi Lena,
A vida é uma constante renovação, e isso que a faz bela.
É um texto verdadeiro e um belo blog.
Voltarei sempre.
beijo.

Rô... disse...

oi querida,

hoje você está comigo,]no somente amor...
é dia de festa!
beijinhos

Ma Ferreira disse...

Lena..obrigada pelas visitas sempre tão simpaticas a meu blog.
Seu texto esta repleto de verdades.
Desde cedo aprendemos a valorizar o TER. Acreditávamos que a tal felicidade estava fora de nós, na casa com picina, nas viagens, no emprego, nas roupas de grife etc.
Mas estas "felicidades" são temporárias.
Tenho aprendido muito dos ultimos tempos. Parece que algo se instalou em mim. Hj não dou mais valor as coisas que eu dava antes.
E aprendi, através da meditação e do Brahma Kumaris, que a felicidade esta dentro de nós. A paz não esta fora, esta em nosso coração.
Um dia. me perguntaram..o que vc procura? eu disse paz. Não adianta procurar a paz longe de vc..ela esta dentro.
Hj eu sinto esta paz.
Hj eu me valorizo. Não cobro do outro atitudes que ele não aprendeu a ter.
Se tal pessoa não me faz bem, me afasto.
Também não assumo as dores do outro. Posso colaborar, ajudar..mas não posso por ser amigo, ou outra coisa, sofrer junto.
Não é justo comigo. E tb, não é justo com o outro.
Cada um tem que aprender a crescer com seus próprios recursos.
E tb não delego minha felicidade a ninguém. É muita responsabilidade. A responsabilidade para eu ser feliz, é toda minha.
Um lindo beijo a vc..
Ma Ferreira

*MARCIA E CARLOS* E LINDAS MENSAGENS disse...

boa noite anjo!!
A vida é um misto de luz, sol
e chuva, riso e choro, prazer e dor.
Nem todos os dias podem ser brilhantes,
mas é certo que nunca houve
uma nuvem através da qual o
sol não brilhasse depois.
Cada vez que você sorrir e ver
que isso é verdade,
alguém em algum lugar, sorrirá
de volta pra você, e nada
no mundo pode tornar a vida
mais valiosa do que a luz do sol
e o calor de um belo sorriso!
bjos de marcia e carlos

Ingrid disse...

para ler e reler..muito bom!
beijos perfumados

Ma Ferreira disse...

Oie..
Passei pra te ler..mas vc não tava..rs
Volto amanhã..
bjkas

Ma