15 de junho de 2011

A lição das camareiras




 
Prestei atenção nas imagens das camareiras de Nova York, que vaiam e xingam Dominique Strauss-Khan quando ele desce de uma limousine para comparecer ao tribunal onde responde a uma acusação de estupro. O retrato marca uma virada na história.

Fiquei emocionado só de olhar para aqueles rostos duros, com raiva. Prestei atenção nos músculos, nos dentes, nos olhos, nas mãos.

Nós sabemos que pode-se medir o grau de civilização de toda sociedade pelo tratamento que reserva às mulheres.

As camareiras de Nova York mostram que o mundo mudou. Lembram que mesmo nos escalões menos protegidos da sociedade não é mais possível atacar nem humilhar mulheres com certeza da impunidade. Sua dor e sua raiva espalha-se pelo mundo, chega a nossas casas, inspira conversas e reações de repúdio. Olhando para aqueles rostos, imaginei: quantas entre elas passaram pelo mesmo sofrimento? Quantas sofreram apenas de pensar no risco?

Mesmo pobres, em busca de muitos direitos, a palavra dessas mulheres já não pode ser ignorada nem distorcida para atender as conveniencias de quem reside na outra calçada dos generos humanos e em outro patamar da pirâmide social.

Há pouco tempo era possível encontrar pessoas capazes de sustentar a tese criminosa de que não existe estupros — apenas mulheres que não souberam ou nem quiseram resistir como era preciso. É inacreditável mas é verdade.

O processo de Strauss Khan pode se tornar exemplar em função deste aspecto. Os estupros sempre foram praticados e perdoados, no mundo inteiro, graças a um cotidiano de massacre moral das mulheres, pelo esforço permanente para diminuir sua credibilidade, negar o direito de decidir sobre seu corpo e até fazê-las sentir vergonha por seu sofrimento.

Nós sabemos que, em qualquer área da existência humana, o melhor remédio para se enfrentar um crime não são cursos educativos, nem discussão sobre valores morais — mas a certeza da punição.

É certo que toda pessoa tem direito a ser considerada inocente até prova em contrário. O caso também possui aspectos políticos que não podem ser ingorados.

A denuncia contra Strauss Khan, porém, é fortíssima e detalhada. Momentos depois do ataque, quatro funcionários que exercem funções diferentes no hotel de luxo em que ele se hospedara conversaram com a camareira fez a acusação de estupro. Ela estava descontrolava, chorava sem parar, vomitava, e ainda assim fez um relato detalhados e coerente do que ocorreu.

Paulo Moreira Leite

B.J.Thomas - Raindrops Keep Falling On My Head





28 comentários:

SOL da Esteva disse...

Boa a análise de Paulo Leite.
A dignidade do ser Humano, deve ser defendida a todo o custo.
Das mulheres e crianças, mais ainda.
Atrevo-me a lembrar da baixeza cultural com o que se passa em muitos lugares do Mundo, sobre a excisão sexual que, isso mais, torna a indignidade da Mulher no mais baixo patamar da dignidade.
Me perdoem (Lena e Autor)esta introdução de nova particularidade, mas que a sinto (senti) agudamente.

SOL da Esteva
http://acordarsonhando.blogspot.com/

Letícia disse...

É, ser mulher, mesmo com toda a evolução,ainda não é fácil.

Gostei do blog, adoro um cheiro de madeira...hehehe

Virei mais vezes!
=]

Bloguinho da Zizi disse...

Momento de grande mudança, onde se descobre que é permitido sim denunciar, seja quem for, seja eu quem for.
Assumir o direito de ser.

Wanderley Elian Lima disse...

Oi Lena
Pena que no Brasil as coisas também não funcionem assim. Aqui é terra onde as leis só funcionam para os pobres. Lamentável.
Bjux

Artes e escritas disse...

Lena, tem um selo do Prêmio Sunshine de presente para você lá no: http://arteseescritas.blogspot.com/2011/06/sobre-debora-e-cumprindo-o-regulamento.html Espero que goste e um abraço, Yayá.

C. disse...

O melhor do post é a música, que me faz flutuar... mas acabei de vir do "além das nuvens", portanto, o lance é dar de cara com esse assunto :)

Sou ignorante nesse assunto de estupro de camareiras, mas quanto ao estupro em si, acho de um desrespeito muito grande, um mal do século, só tem aumentado as estatísticas; e nao é só com pessoas de fora, vejo gente contando que tem acontecido, inclusive, dentro de suas próprias famílias.

E em pensar que legalmente falando, o estupro nao é só esses que saem na mídia, e sim também aqueles que quando inicialmente a pessoa se nega, já é considerado um crime.

Quantas meninas já devem ter sido estupradas por nem terem conhecimento disso, num é amiga.

É um assunto pra render páginas...

Deixo um beijo pro cê, ti love.

angela disse...

Muito bom trazer esse assunto que precisa ser conversado e conversado e muito conversado. Nossa sociedade faz vistas grossas a esse assunto e só o leva em conta em situações de extrema violência e nós sabemos que qualquer estupro é sempre um ato muito violento para quem o sofre, mesmo que não resulte em morte.
beijos

Imac by Artes disse...

É impresionante ver como as coisas acontecem em todas as partes do mundo... E a luta por mais respeito e dignidade para com a mulher, continua sem ser considerada. Isso nos entristece.
Minha querida no meu blog tem um selinho pra ti.
Grande abraço e um lindo dia!

Kiro Menezes disse...

É preciso lutar com muita força contra toda essa rede de crueldades, não é?!

Beijos Flor ♥

Calu disse...

Hip hurra!Que a lisura e o respeito em casos assim se espalhem aos quatro canto do mundo.
Sei que é um desejo ainda incipiente, mas o objetivo é real e a luta tbém, pois apesar de significativos avanços, ainda temos longo caminho a percorrer até que possamos dizer com segurança:
__ a lei existe para todos(as) igualmente independente de gênero, credo ou etnia.
Bravas palavras!Bem escolhido, Lena.
Bjkas,
Calu

manuel marques disse...

Que a justiça seja célere e justa.Que o castigo seja exemplar para que bestas deste calibre sofram na pele o que pela força fazem outros sofre.

Abraço.

Vera Lúcia Duarte disse...

A impunidade ainda é o fator que estimula atitudes vis como a do estupro.
Não há pena que suavize os traumas deixados em suas vítimas.
Beijokitas, querida.

ELIZABETH DE LIMA VENÂNCIO disse...

Haverá um tempo que nada será encoberto..(biblia), nenhum crime será encoberto para que a humanidade se envergonhe e lute contra sua natureza opressora.
gosto de viver neste tempo.

Lena, obrigada pela visita, espero te ver sempre.
beijos.
beth

mfc disse...

E acontece muitas mais vezes que aquelas que supomos!
É bom que a condenação seja exemplar!

Luar disse...

Um exemplo de mulher coragem!

Sergio Martins disse...

Mais uma conquista das mulheres, mais uma conquista da sociedade. Isso me deixa muito orgulhoso de vocês. Bjs!

MARILENE disse...

Excelente abordagem! Nem vejo como uma conquista, porque nem todos os casos da espécie merecem o mesmo tratamento. A maioria fica, tão somente, em B.O.

Bjs.

Meire disse...

Lena, minha estrelinha preciosa, é inacreditável que ainda exista esse tipo de pessoa, fico perplexa com atrocidades que as pessoas são capazes de cometer!!! Dear God! Mas sim, existem e ainda bem que tem outras corajosas que não medem esforços para que a justiça seja cumprida. Tudo o que fazemos contra nossa vontade é um tipo de estupro e isso nos causa danos tenebrosos.
Amiga, vc tem um faro ímpar para temas ótimos!!!! Geniazinha linda!!

Minha amiga, hoje eu fui numa livraria que tem aqui em Lins city tomar aquele coffee quentinho e comprei dois livros: Cartas extraviadas, da Martha Medeiros e um outro que estou querendo ler há um tempinho chamado Pollyanna da Eleanor H. Porter. A Cris vai me mandar uma lista de livros que ela quer e eu quero dar um pra ela *-* mês que vem vou dar um pra vc, com dedicatória e tudo (ieba) adoro dar presentes!!! rsrsrs

E seu dia como foi??? Pensei muito em ti hj, espero que tenha sido mais light e que tenha resolvido tudo o que tinha pra resolver. Olha hj teve eclipse, isso significa rumo novo pra vida, logo mais vc consegue enxergar a luz que vai surgir e trazer tudo de melhor pra ti. Na minha vida já trouxe muitas luzes e uma delas é vc!

Manda notícias tá?!!!! Te amo muito, muito minha little star, bjokitas de caramelo pra ti ;)

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Uma nação que respeita a Lei. Isso deixa qualquer patriota orgulhoso. Infelizmente nao é o que ocorre aqui pra nós, onde uma mulher, se for fazer queixa de um estupro numa delegacia de polícia comum é chamada de vagabunda e ainda é acusada de ter dado ousadia ou ter provocado o homem...
Adorei esse trecho, pois diz tudo: "O melhor remédio para se enfrentar um crime não são cursos educativos, nem discussão sobre valores morais — mas a certeza da punição.
Beijos Lena e uma quinta-feira de paz pra você.

Mixha Zizek disse...

A verdade virá à luz e vai saber se eles realmente fizeram ou não culpado. Muitas vezes as pessoas podem acabar ganhando essas ações. Espero que a justiça seja feita e prender este homem, é bem merecida culpa. beijos amiga :)

Nayara Borato disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog "luz pra viver". Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


http://narroterapia.blogspot.com/

eva mooer disse...

Vendo uma punição do alto escalão, fico pensando se fosse no Brasil.Que pena!Ainda hoje vi mulheres que quase foram mortas por seus companheiros,com provas físicas e testemunhais e um dos acusados, saiu
livremente pela porta de frente da delegacia.
No que será que estamos errando?
boa noite para vc.

Meire disse...

Minha anjinha, ainda bem que hj a coisa andou nos trechos certos! UFA!3 horas esperando no banco, vc deve estar só o pó!

* lá na minha página Selinhos, carinhos e afins tem um TAG que eu ganhei, é de vc colocar dez fotos do que gosta, coloquei vc pra fazer se quiser tá?!!!!

to louca pra que vc veja o video! >.< qualquer coisa me chama no face ou por cá, tá?! Love you so much!

blog da Paraguassu disse...

Olá Lena,
Atualmente, os tempos são outros, graças a Deus. Fatos como este devem ser punidos de forma drástica, sem haver condições para que o agressor possa se safar. Por que sempre a mulher deve sofrer este tipo de agressão? É terrível pensar que isso possa ocorrer num mundo civilizado.
Beijos, amada.
Maria Paraguassu.

horticasa disse...

É verdade se fosse aqui em Portugal, a mulher às tantas ainda era despedida por ter a ousadia de acusa o Sr...
eugénia

Toninhobira disse...

Uma bela analise minha amiga que nos faz inveja neste país onde quem paga não paga.Tambem fico com um pé atrás, apesar do dito ter historico,mas em politica tudo é possivel e eu ja vi de tudo.
Um abração.
Bju de luz na seu dia.

Tiago Braga disse...

gostei da analise! tudo sempre com força garra e muito postura!
bem observado e analisado!

posso pedir uma ajudar?!
Olá, peço muita desculpa pela intromissão! Só o estou a fazer, porque é algo importante para mim, pois o prémio em questão é uma surpresa para uma amiga :D
Tenho uma fotografia a concurso, e o voto é aberto ao publico via facebook! se puderes ajudar agradecia. para votar vai á página http://www.facebook.com/musiquim (clica no gosto, só assim poderás votar, depois) de seguida vai à foto http://www.facebook.com/photo.php?fbid=213791601993704&set=a.213791175327080.57013.122134297826102&type=1&theater e clicas no gosto! e já está! Muito Obrigado :D
Muito Obrigado mesmo :D

Anônimo disse...

Конец лета наступает, депрессуху предвещает
Собираем чемодан и летим в далекий http://tai.com