7 de julho de 2011

Brincando com fogo




Assunto delicado este. Traição. Desde que ouvi o psicanalista Contardo Calligaris dizer que a primeira traição é contra a gente mesmo, quando traímos o nosso desejo, tenho pensado como esse assunto é pessoal e intransferível.

Muita gente concorda com ele, mas não seria uma desculpa egoísta, uma espécie de salvo conduto, para trair sem culpa? Se bem que existe alguma diferença em trair com culpa? Dá no mesmo. A culpa só tira um pouco da culpa, ou seja, mortificar-se ajudaria a amenizar a traição. Sentir-se culpado também torna tudo mais romântico e inevitavelmente atraente.

Aí mora o perigo. O que poderia ser uma simples atração, ganha uma força incrível, ao ponto de o desejo se tornar insuportável, com risco de explosão iminente e provável erro de avaliação. As mulheres, sobretudo, tendem a romantizar a atração, acreditando que o amor verdadeiro justifica a traição, não o sexo. Os homens, ao contrário, costumam fugir daquilo que pode se transformar em algo mais forte do que uma simples atração, pois justificam a traição em nome do sexo, e não do amor.

Fato é que traição é uma palavra biblicamente pesada. Faz de você um Judas e ninguém quer ser o responsável pela morte do amor. Mas quando temos a vontade genuína traímos anyway. Pensar insistentemente no objeto de desejo é trair, assim como desfrutá-lo.

Das duas formas corremos o risco de sermos descobertos, ainda que por nós mesmos. Ninguém apaga o desejo não realizado pelo outro quando quer, mesmo que existam milhões de razões para isso. De alguma forma ele se concretiza, seja na fantasia mais íntima, seja na realidade mais obscena. Fugir disso é aproximar-se cada vez mais (Ana Carolina canta algo parecido).

Talvez, com esforço, consigamos espantar aquela pessoa que mexeu em algo adormecido, contudo, outras virão quais fantasmas em outros corpos, outras feições. Com certeza, seja lá o que tiver sido acordado, jamais voltará a adormecer, a menos que a gente mate com bala de prata. Quem está traindo quem?


Fernanda Santos


Scorpions - Dust In The Wind
 


 

32 comentários:

Paulo Francisco disse...

Este assunto é tão complexo.
Um beijo grande

Ma Ferreira disse...

Lena..

Eu não acho que devemos realizar todos os nossos desejos.
Maturidade significa saber o que quer e cuidar do outro.
Não somos santos, sentimos desejos,
Mas o ato de trair traz consequencias.. sei lá;;dificil comentar..
Mas o importante é sermos fiéis a nós mesmos.
E cada um tem seu livre arbitrio não é?

Assunto dificil de comentar rsrs

bj

MA

QUIM disse...

nem quero falar...é algo dificil de explicar agente sabe que está errado..mas mesmo assim agente faz--beijos querida..bom dia

Mixha Zizek disse...

Eu tenho apenas uma vez realmente me senti traído e foi de 7 meses atrás por alguém que realmente amava e agora é um assunto que me deixa muito frágil. Eu me tornei muito suspeito, eu espero que aos poucos se recuperar.

beijos

josenaide coelho disse...

trair é quando vc trai os sentimentos dos outros e finge sentir o k não senti.não tem traição pior do k essa...pra mim essa é a pior iludir-se e iludir...

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Gostei de ler este texto, que nos leva a reflectir sobre o peso da própria palavra traição! Bjs

POESIAS EM FOCO disse...

Como é bom ler-te, e este texto nos faz refletir muito... parabéns

Rô... disse...

oi Lena,

esse texto nos põe a pensar,
trair é deixar-se levar por um
único momento,
esquecendo de tanto tempo
vivido...

beijinhos,
amiga

ॐ Shirley ॐ disse...

Sensatas considerações. Texto realista, verdadeiro...Sem comentários. Lena, um beijo!

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Como a Fernanda disse no início do texto: "um assunto delicado".
Acho que cada um sabe a delícia e a dor da traição que comete e/ou é acometido por ela...
xapralá né?
Lena querida, que seu dia seja de muita paz e amor. Beijokas doces para uma doce mulher.

Meire disse...

Compotinha, só to passando pra dizer que tem novidade boa lá no face! Depois volto para comentar o texto que já vi que é porreta! Te amo, bj.

Ingrid disse...

bem escrito..
mas para cada um tem um peso e uma medida né..
a estória de vida influencia..
mas não é bom não,acho..
beijos linda!..

Perfeita Ordem disse...

Assunto delicado esse minha amiga!
Menina,esse é daqueles textos que escrevo,escrevo,apago tudo e deixo para lá.
Quem sou eu para julgar quem quer que seja.
Sei que para mim, essa história de traição não serve.
Mas,quem conhece os motivos das pessoas?
Beijos minha linda!
Tenha um lindo final de tarde!

Meire disse...

Compotinha de Figo, traição para mim é falta de respeito e amor não só ao próximo como a nós mesmos. Realmente temos que pensar no que vale a pena porque na minha opinião quem trai o parceiro trai a si próprio, trai quem é e as promessas que fez. Esse assunto é punk!
"Dust in the wind, all we are is dust in the wind..." eu amo essa música!!!!!!!!!
Miguxa linda, agora estamos arrasando novamente a Flor de jasmim é nosso gênio da lâmpada!! hihi Preciosa Estrelinha te amo muito, tanto que vc nem imagina!!!
bjokitas com master carinho nas bochechas ;)

josenaide coelho disse...

traiçaoé quando não se tem coragem de ir além,e fazer dos outros capachinho,de besta,não explorar o k sentiu,deixar o outro louco pra chegar perto pra te amar e vc nunca ter açeito..isso é traiçao e doi muito ..é pior do k trair por prazer,por um desejo,por tesão na hora k não devia sentir e senti,porque somos humanos e a carne é fraca,ai sim..

Ma Ferreira disse...

Leninha..passei pra te dar um beijo...
Te amo!!

Ma

Imac by Artes disse...

Esse texto é bom e faz-nos refletir, mas opinar é difícil.
Traição é assunto delicado e complexo que deve ser tratado conforme princípios de cada um.
Abraços e uma noite quentinha pra ti!

Peônia disse...

Traição - tema doloroso e por demais profundo.
E quantos relacionamentos ela destruiu no decorrer da história da humanidade?!

Beijos querida Lena.
Namastê!


Dust In The Wind: adoro essa música e essa banda!

Sandra Portugal disse...

Realmente tema polêmico!!!

Mas não vim falar de coisas sérias hoje, vim agradecer a lembrança para a Brincadeira do Selinhos & Cia que estou levando e publicarei no Domingo!!!
bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

Vera Lúcia disse...

Acho a questão delicada.
Posso apenas dizer que quem ama verdadeiramente não trai.
E quem chega a trair, seja por que motivo for, corre o risco de desestruturar sua relação.
Beijo grande.

Alê disse...

Um assunto e tanto esse.

Concordo com a frase que abre o texto: a primeira traição é pra gente mesmo,

Quem ama não traí. Se está infeliz, acredito que a alternativa seja buscar novos caminhos, lutar pra ser tão bom quanto um dia foi, mas nunca trair,


Mas apenas quem vive pra saber,


Complexo, e intenso.


Um beijo

JAN disse...

É DIFÍCIL...

BEIJÃO

JAN

Daniela disse...

Olá Lena , vi que vc está me seguindo la no meu cantinho , e vim aqui conhecer o seu , gostei muito , coisas belas por aqui ..

estou seguindoo de volta . beijos :)

Débora Andrade disse...

Só sabe a dor de ser traído, quem um dia já foi. Mas na verdade, difícil é encontrar quem nunca tenha sido, senão por um amor, por um amigo, senão por um amigo, por si mesmo, senão por si, por qualquer que seja.

Saudades.
Beijos,
Débora.

Artes e escritas disse...

Esse é um assunto bastante pesado, não sei de onde vem, mas não se paga o mal com mal. Um abraço,Yayá.

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Lena vim aqui agradecer seu maravilhoso coments na minha poesia! Eu ri feito boba em você dizer que deixei Camões no chulé... Que os críticos não leiam isso, senão te crucificam igual a Jesus. Mas, eu ameiiiiiiiii o carinho no ego.
Maravilhoso mesmo é ter uma pessoa especial como você assim, acarinhando a alma de uma amiga, que escreve despretenciosamente reles textos.
Beijokas doces!

Vera Lucia Marques disse...

Excelente texto. Não dá pra falar em traição sem falar em atração, assunto ainda mais complexo, porque não envolve valores, sentimento, mas, química. Não é abstração, é orgânico. Porém, apesar de admitir tudo o que é inerente à natureza humana e tentar compreender a nossa opção frequente pela satisfação dos sentidos, sou de opinião que ser fiel a alguém, a alguma coisa, torna o ser humano único, raro, e aquilo que é raro tem muito, muito mais valor. Bjs!

Sandra Portugal disse...

Lena, amiga querida, no domingo dia 10 não deixe de visitar meu blog, postarei selinhos e brincadeiras!!!
bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

cidinha disse...

Oí, Lena! O texto é forte. Mostra atitude e é complexo!Temos que ter conciencia com nossas atitudes.Creio que quando há amor, tem que jogar limpo.Bjs e obrigada sempre pela visita!

C. disse...

Todo tipo de traicao causa um buraco no peito, uma sensacao ruim demais.

A traicao no amor dói quando somos traídas, mas trair é atrativo, parece que sai da rotina, em compensação a traicao amorosa faz mudar toda ela.
Pode notar que a mulher que trai dentro de um casamento volta pra casa mais vazia, cheia de lacunas que pensou que preencheu, mas que bem certinho acabou de abrir mais, com o ato da traicao. Sao saldos mais negativos que positivos, porque o problema em si, na minha opinião, nao é exatamente o trair, mas o que levou à isso, e daí sao esses pontos que sao remexidos e é o que nos causa mais dor. Isso na minha opinião, há quem discorde, compotinha. Enfim, quer saber? Definitivamente nao vale a pena, vale a pena antes resolver os pontos estremecidos na relacao, isso sim. Já os homens, empurram com a barriga esses estremecimentos, e através da traicao.

Essa música é linda dimaissss, e a dona Amadeirada sempre, mas sempre acertando em suas escolhas!

E eu me divirto quando você fala que sou "a" analista de sistemas kkk quem dera!

Love you girl so much and forever!

Officina Saboaria & Aromas disse...

Oi Lena!
vim novamente te seguir e convidar pra voltar fazer parte do meu blog um novo ,ñ sei o q aconteceu c officinadoaroma pois ñ consegui mais postar ,mas depois de muito consegui ao menos cancelar ,sou sua fã adoro suas postagem ,faz bem pra alma qro continuar ter vc como amiga ....visite meu cantinho perfumado e volte fazer parte bjkas te aguardo lá. officinasaboariaearoma.blogspot.com

Aclim disse...

Se vc é Cristão deve se preocupar com o pecado, caso contrário, peque somente. Não há palavras bonitas que mude uma situação, vc pagará por seus atos...fato#